ÁRVORE FILOGENÉTICA

42981

ÁRVORE FILOGENÉTICA

Uma árvore filogenética, por vezes também designada por Árvore da Vida, é uma representação gráfica, em forma de uma árvore, das relações evolutivas entre várias espécies ou as relações de parentesco entre grupos de organismos que habitam o planeta Terra.
Para melhor explicar esta relação evolutiva constrói-se um diagrama, em forma de árvore, onde troncos representam os ancestrais comuns dos quais derivaram os diferentes grupos de seres vivos representados nos ramos.

arvore_filogeneticaEm 1859, na obra “Origem da Espécies” Charles Darwin descrevia esta relação evolutiva com o texto: “The affinities of all the beings of the same class have sometimes been represented by a great tree… As buds give rise by growth to fresh buds, and these if vigorous, branch out and overtop on all sides many a feebler branch, so by generation I believe it has been with the great Tree of Life, which fills with its dead and broken branches the crust of the earth, and covers the surface with its ever branching and beautiful ramifications.”

arvore_filogenetica_da_vida

Em uma árvore filogenética, cada nodo (ou nó) com descendentes representa o mais recente antepassado comum, e os comprimentos dos ramos podem representar estimativas do tempo evolutivo. Cada nodo terminal em uma árvore filogenética é chamado de “unidade taxonômica”. Nodos internos geralmente são chamados de “unidades taxonômicas hipotéticas”. Para a construção de uma árvore filogenética, é fundamental estudar várias características dos organismos que pretendemos representar, de modo a perceber as suas afinidades.
As características estudadas são variadas e vão desde a morfologia e desenvolvimento embrionário às sequências de ADN. Apesar do grande avanço introduzido pelas técnicas de ADN, existem ainda grupos cujas posições na Árvore da Vida se mantêm alvo de controvérsia.
Estes dados são comparados, e os táxons agrupados em clados ou ramos de acordo com as semelhanças e diferenças entre si. Atualmente, há vários softwares disponíveis para a realização destes cálculos. Pode ser de vários tipos:

CLADOGRAMA

Um cladograma é um diagrama usado em cladística que mostra as relações ancestrais entre organismos, para representar a árvore da vida evolutiva. Apesar de terem sido tradicionalmente obtidas principalmente na base de caracteres morfológicos, sequências de DNA e RNA e filogenética computacional são agora normalmente usados para gerar cladogramas.

arvore_filogenetica_cladograma_horizontal_ancestral_acima

Cladograma vertical, com o ancestral em cima

arvore_filogenetica_cladograma_horizontal_ancestral_esquerda

Cladograma horizontal, com o ancestral (sem nome) à esquerda

arvore_filogenetica_cladograma_horizontal_ancestral_abaixo.png

Dois cladogramas verticais, com o ancestral em baixo

Representa o padrão das relações entre os nodos da árvore; o tamanho dos ramos não representa necessariamente a distância entre os nodos. O termo normalmente é usado para indicar o mesmo que árvore filogenética.

Filograma

O tamanho dos ramos representa o número de mudanças ocorridas entre os nodos;

Cronograma

A posição dos nodos está disposta num eixo que representa o tempo.

arvore_filogenetica_cronograma.

Para a construção de uma árvore filogenética, é fundamental estudar várias características dos organismos que pretendemos representar, de modo a perceber as suas afinidades.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA