DIETA DA PIRÂMIDE ALIMENTAR

0
6435
DICAS PARA ANALISAR, COMPREENDER, E INTERPRETAR TEXTOS

A Pirâmide Alimentar é um ótimo guia para os profissionais nutricionistas. Foi criada pelos EUA, no entanto foi adaptada aos estilos alimentares brasileiros por PHILLIPI et al, 1998. Neste guia há adequação e distribuição de macro e micronutrientes da dieta.

Esse guia é adequado a população e não à um indivíduo particularmente, porém com a pirâmide pode-se, após a avaliação do paciente ou cliente, equilibrar suas porções invidualmente, desenvolvendo um plano alimentar personalizado.

Nesta pirâmide são mostrados os grupos de alimentos e suas quantidades mínimas e máximas diárias recomendados. Dentro de um mesmo grupo posso variar os alimentos,porém não deve-se substituir alimentos de um grupo para outro. Todos os grupos alimentares são essenciais.

A base da pirâmide, parte mais importante, é representada pelos carboidratos que fornecerão energia para todas as atividades diárias. Na segunda parte estão os alimentos do grupo dos reguladores como frutas e vegetais e legumes, essenciais para o metabolismo e ajudar na prevenção de doenças.

Os alimentos construtores estão localizados na terceira parte da pirâmide, e representam as proteínas, porém divididas e três partes, pois cada grupo corresponde à uma função. A primeira parte está representada pelos laticínios, que além de alimentos protéicos, fornecem cálcio para o organismo. No meio são as leguminosas, grupo dos feijões, que contém ferro, fibras e proteínas de origem vegetal. Na terceira parte são as carnes que são as melhores fontes de proteínas, além de terem ferro e vitaminas essenciais como Vitaminas B12 e B6.

No topo da pirâmide são encontradas as gorduras também importantes para o organismo, pois ajudam na síntese de hormônios sexuais femininos e masculinos. São encontrados os doces que devem ser evitados, pois fornecem calorias demais e não possuem valor nutritivo algum.

CUIDANDO DA SUA SAÚDE

[youtube:1ejolaxz]http://www.youtube.com/watch?v=_p4b1_X04BI[/youtube:1ejolaxz]

A dieta é de grande importância no tratamento do Diabetes Mellitus e deve ser seguida pelo portador de diabetes para que se consiga um bom controle da doença.

Recomendações para o plano alimentar:

Ter horários regulares para as refeições;
Fracionar a dieta em várias refeições ao dia;
Não deixar de fazer nenhuma refeição prescrita.
Objetivos de dieta:

Atingir ou manter o peso desejável no adulto e um crescimento e desenvolvimento normal na criança;
Ajudar a manter a glicose no sangue, em níveis normais, evitando a hipoglicemia e a hiperglicemia;
Diminuir o risco de doenças do coração e vasos sangüíneos;
Garantir a ingestão adequada de todos os nutrientes.

A Pirâmide Alimentar:

1. GORDURAS E ÓLEOS: Use-os moderadamente. É difícil retirar algumas gorduras presentes naturalmente nos alimentos, por isso se deve usar o mínimo possível no preparo dos mesmos. Use azeite de oliva, óleo de canola, milho, girassol, soja, margarina light, halvarina e evite banha, manteiga, creme de leite e maionese.

2. PROTEÍNAS (2-3 porções): Peixes, carnes, aves, feijões e ovos fornecem proteínas, vitaminas do grupo B, ferro e zinco. Para reduzir as gorduras, dê preferência às carnes magras, aves sem pele, peixes de água salgada, feijões ou outras leguminosas: lentilha, ervilha seca, grão de bico. 1 Porção: 1 posta média de peixe; 1 coxa e sobrecoxa de frango ou 1 peito pequeno; 1bife médio; meia xícara de feijão (ou outra leguminosa) cozido; 1 ovo (nao consumir mais que três unidades na semana e usar cozidos ou pochê).

3. LATICÍNIOS (2-3 porções): Leite, iogurte e queijo sao boas fontes de proteínas, vitaminas e minerais e sao a melhor fonte de cálcio. 1 Porção: 1 xícara de leite; 2 fatias finas de queijo (de preferência com baixo teor de gordura); 1 pote de iogurte.

4. FRUTAS (2-4 porções): São excelentes fontes de vitamina A e C, ácido fólico e potássio, se consumidos quando possível, com casca e/ou bagaço, também fornecerão alto teor de fibras. Os sucos de frutas naturais não são indicados, por conterem grande quantidade de frutose, que é rapidamente absorvida. Podem ser usados suco natural de maracujá ou limão bem diluídos, com ou sem adoçantes. 1 Porção: 1 unidade ou 1 fatia média (usar pelo menos uma fruta cítrica ao dia).

5. VERDURAS E LEGUMES (3-5 porções): Excelentes fontes de vitaminas, minerais e fibras, as verduras e legumes também tem baixo teor de gordura. Consumir verduras e legumes de cores variadas, crus e cozidos. 1 Porção: 1 xícara de hortaliças folhosas; meia xícara de legumes picados.

6. PÃES, CEREAIS, ARROZ E MASSAS (6-11 porções): Essas fontes abundantes de carboidratos complexos, fibras e minerais fornecem a maior parte de calorias diárias. 1 Porção: 1 fatia de pão, meio pão francês, 2 bolachas d´água, meia xícara de cereal cozido (arroz, massa, farinha de mandioca); 1 panqueca; 1 batata.

LEMBRE-SE!

SAL: deve ser usado moderadamente: 1 colher rasa de cafezinho.

ÁLCOOL: não é indicado, porém, sob orientação médica,poderá ser consumido, se o portador de diabetes não estiver com as taxas de triglicerídeos altas e se nao for obeso.

ADOÇANTES ARTIFICIAIS: preferir os adoçantes à base de aspartame, sacarina, ciclamatos, que são calóricos, dependendo do veículo a que estão ligados. Aspartame perde o poder de adoçar se for ao fogo.

PRODUTOS DIETÉTICOS: possuem calorias, portanto no podem ser consumidos livremente. Não confundir diet (com menos calorias e sem açúcar) com light (com baixas calorias, podendo ou nao ter açúcar na composição). Ler o rótulo dos produtos antes de consumi-los.

DOCES NÃO DIETÉTICOS: como chocolates, sorvetes, geléias, balas, mel e outros nao devem ser utilizados. Só os utilize sob orientação do nutricionista ou médico.

FIBRAS: porção dos alimentos de origem vegetal que não é digerida. Retardam a absorção da glicose dos alimentos. Reduzem o colesterol. Melhoram o funcionamento intestinal.

ÁGUA: no mínimo, 2 litros por dia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here