Empreendedorismo

0
15233
DICAS PARA ANALISAR, COMPREENDER, E INTERPRETAR TEXTOS

Empreendedorismo

Venho apresentar uma síntese do texto oferecido, mostrando os principais pontos vistos, ou seja, mostrar de uma forma clara e objetiva quais as reais situações de um intra-empreendedor e do endomarketing.

[youtube:dp62nw2g]http://www.youtube.com/watch?v=o_HeSwIvEXY[/youtube:dp62nw2g]

DESENVOLVIMENTO

O momento que as grandes empresas estão vivendo não é fácil, há uma necessidade crescente de promover uma cultura interna de inovação como fonte de competitividade, evidenciando que as cabeças pensantes dos departamentos de Pesquisa e desenvolvimento (P&D) não estão dando conta da demanda por novidades e melhorias nos produtos e serviços oferecidos ao mercado.

Por ser um conceito muito recente, a uma vasta proliferação de alguns casos, fazendo com que o termo seja vulgarizado, ou seja, algumas empresas se dizem empreendedoras simplesmente disponibilizando aos colaboradores uma famosa caixa de sugestões, porem podemos ver que o intra-empreendedorismo é muito mais do que isto. Para que um intra-empreendedor possa se manifestar é necessário algumas mudanças como na parte cultural interna que permite o surgimento de novos modelos de negocio e agilidade para a implantação dos projetos. Para alguns pensadores todas essas novas linhas de negócios podem surgir dentro ou fora da empresa, podendo assim ser junto ou separado dos negócios principais. Mais para que tudo isso ocorra à empresa tem que esta estruturada de melhores equipamentos, fazendo com que os colaboradores se sintam motivados e desempenhar um trabalho eficiente e eficaz.

A empresa deve passar por rotinas de investigação, para que possa averiguar o perfil dos colaboradores e verificar os empreendedores que há dentre de sua empresa, fazendo com que a empresas possa vir a tornar-se mais produtiva. Pois um bom empreendedor deve conhecer todas as funções organizacionais da empresa (MARKETING, FINANÇAS, RH, ETC), deve ainda ser o elo entre os colaboradores, os processos internos e os clientes, deve também unir o ambiente interno com o externo e conhecer muito bem as pessoas da empresa.

Com a busca pela inovação, vem crescendo o numero de intra-empreendedores, ou seja, pessoas que buscam conhecimento alem do que sua empresa oferece estão causando no mercado empresarial, com surgimento de novas tecnologias e conceitos, ou seja, para ser um bom intra-empreendedor e necessário que o cidadão tenha uma ação empreendedora dentre de uma organização já existente e que através da inovação e criatividade de seus colaboradores façam com que surjam novos processos de melhorias, mais para que isso ocorra o ele deve ser antenado, ter vontade de algo mais, ser criativo e inovador, racional, adorar correr riscos, ser líder, dinâmico e comprometido com o sucesso, prestar contas e ser parceiro na equipe.

Para que a empresa possa passar por todo esse processo inovador, não é necessária uma nova empresa, ou seja, basta que o produto a ser oferecido seja inovador ou ocorram melhorias dentro do processo já existente. Pois basta que p processo esteja ligado à pessoa com qualidades intra-empreendedoras que saiba inovar e que acredite que a inovação é possível, desejável, e haja em prol da inovação.

Sendo assim os aspectos motivacionais da empresas passam a ser atingidos e atingindo também as metas, fazendo com que os colaboradores fiquem desafiadores de seus próprios conhecimentos e aumentado sua sede de organização em seus processos, ocorrendo assim recompensas não só para os com maiores estratégias mais também para os colaboradores de tal acontecimento, podemos afirmar que tudo isso é possível devida ao grande conhecimento das vastas áreas da empresa, ou seja, possibilitando a colaboração entre times e permitindo que os problemas de identificação de oportunidades e do desenvolvimento da inovação possam ser revolvidos com máxima eficiência e eficácia.

Nos dias atuais vemos que o empreendedor corporativo possui algumas importâncias a de maior evidência (Comprometimento, Busca de informações, Relacionamento, Qualidade, Iniciativa e Autoconfiança) e de menor evidência (Estabelecimento de metas, Riscos e Independências).

[youtube:dp62nw2g]http://www.youtube.com/watch?v=gqSYe4obINQ[/youtube:dp62nw2g]
Missão, Visão e Valores

Podemos dizer que o endomarketing não é um fator motivacional, para Cláudio Tomanini, professor da FGV, a empresa pode – e deve – estimular os funcionários e aqueles que acreditam no programa estarão realmente motivados. Mais não é o bastante. O planejamento, portanto, é um dos princípios do Endomarketing, porem não basta desenvolver um planejamento de ações para remediar um problema interno ou para aumentar as vendas temporariamente, e só perca de tempo, o correto é identificar os pontos fortes e fracos dos colaboradores é um começo para as empresas que buscam implantar este sistema, para que possamos conseguir tais resoluções, basta aplicar ferramentas especifica que apontem o problema através de metas e resultados. Um dos fatores que tem proporcionado grandes avanços na aplicação do Endomarketing é a tecnologia, mesmo o tradicional mural informativo ainda ser válido.

Adepto a analogias, Tomanini compara um projeto de Endomarketing com filhos. Segundo ele, ser totalmente flexível transmite uma falsa liberdade que pode ser perigosa. É preciso impor regras e atribuir valores para os filhos assim como para os colaboradores da organização. “Tirar dez na escola é obrigação, pó isso não se pode presentear. A mesma coisa vale também para os colaboradores”, completa.

Com o foco alinhado, sintetizado e sincronizado a implementação e operacionalização a estrutura organizacional do marketing da empresa que visa a depende da ação para o mercado e a sociedade, estarão prontos para a adequação dos novos processos a serem analisados e estudados pela organização. Pois a empresa deve apresentar um ambiente próprio para que o empreendedor possa fazer com que surjam idéias de melhorias, ou seja, a empresa deve fazer parte de uma cultura organizacional.

[youtube:dp62nw2g]http://www.youtube.com/watch?v=wM7VZcUM1B0[/youtube:dp62nw2g]

CONCLUSÃO

Podemos dizer então que não basta ser um bom empresário, temos que estar atualizados com os novos processos da globalização e sempre esta buscando inovações para que possamos renovar e reciclar nossos colaboradores e clientes para que surjam empreendedores e intra-empreendedores em nossas organizações, acarretando o crescimento constante da empresa, mais com satisfação e qualidade em nossos produtos oferecidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here