ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA

0
5157
DICAS PARA ANALISAR, COMPREENDER, E INTERPRETAR TEXTOS

ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA

Colégio Prójuris
2008

 ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA

O grande crescimento econômico dos EUA desde o inicio do século XX e o enfraquecimento das potências européias diante das numerosas disputas que culminaram com a Segunda Guerra Mundial foram, de maneira geral, as razões básicas do despontar dos EUA como superpotência.

Para exemplificar sua importância internacional, basta dizer que 25% da riqueza Mundial provem dos EUA, possuidor de um extraordinário poderio econômico, representado por uma estrutura produtiva moderna e diversificado pela presença de indústrias com tecnologia de ponta e por sua grande participação no comercio Mundial. Além disso, é o país com o maior poder militar de todo o planeta.

O NASCIMENTO DE UMA SUPERPOTÊNCIA

Desde o início da colonização os EUA apresentaram uma evolução econômica totalmente diferenciada do Brasil. Além do desenvolvimento de próspero setor agrícola, o expressivo desenvolvimento das manufaturas a partir do século XVIII foi fator primordial para o desenvolvimento do processo de industrialização já em finais do século XVIII.

O início da industrialização foi desencadeado por uma série de fatores, que determinam até hoje a situação econômica, entre os quais podemos destacar:

 A presença de um mercado consumidor interno;
 A acumulação de capital originaria de modelo econômico voltado para desenvolvimento interno;
 A presença de uma numerosa mão-de-obra;
 Fontes de energia abundantes;
 Grande quantidade de matéria-prima;
 Facilidades de transporte, representada pela vasta rede hidrográfica navegável e pela construção de grandes ferrovias;
 Invenções e aplicações técnicas;
 Uma rede urbana estruturada de acordo com as necessidades da nova indústria nascente: cidades próximas a portos, ferrovias ou hidrovias etc.

Tudo isso contribuiu para a atual situação dos EUA.

 INDICADORES SOCIAIS

Apesar de todos os indicadores sociais dos EUA serem típicos de países desenvolvidos, na década de 80 o país passou por um processo de empobrecimento da população, resultante basicamente da redução dos benefícios sociais e da elevação dos impostos. Essa tendência prosseguiu na década de 90.

No período de 1996 a 2006 aumentou a concentração de renda no país. Os chamados “Super – ricos”, que correspondem a 1% da população americana, tiveram um aumento médio de 45% em seus bens. Mesmo os bens da classe média tiveram um aumento de 32% no mesmo período.

Nos anos 80, o número de americanos vivendo abaixo da linha da pobreza (renda mensal de 1000 dólares para uma família de quatro pessoas) cresceu em média 30% em relação aos anos 70. No mesmo período caíram as porcentagens das populações idosas com direito à assistência médica e das crianças que foram vacinadas.

QUADROS COMPARATIVOS: BRASIL X EUA

 IDH

 SITUAÇÃO DOS IMIGRANTES

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here