HENRY CAVENDISH

2446

HENRY CAVENDISH


Químico e físico inglês
10 de outubro de 1731, Nice (França)
24 de fevereiro de 1810, Clapham (Inglaterra)

Henry Cavendish estudou em Hackney e em Peterhouse, Cambridge. De temperamento bastante original, era profundamente tímido e avesso ao convívio dos parentes e amigos.

Autodidata singular, Cavendish dedicou sua vida às pesquisas científicas. Em 1760 foi eleito para a Royal Society e, em 1803, foi escolhido, com mais sete cientistas estrangeiros, para sócio do Institut de France.

Em 1766, Cavendish isolou e estudou o hidrogênio, que chamou de “ar inflamável”. Estudou também as propriedades do anidrido carbônico e determinou a densidade de vários gases.

Ele demonstrou que a água é composta de oxigênio e hidrogênio em proporções constantes e que o ar contém predominantemente oxigênio e nitrogênio, além de outros gases em pequenas proporções.

Cavendish constatou que, sob o efeito de uma descarga elétrica, o oxigênio e o nitrogênio se combinam, dando, em presença da água, ácido nítrico.

O cientista verificou ainda que um pouco menos de 1% do nitrogênio do ar atmosférico não se combina com o oxigênio sob a influência de uma descarga elétrica. O significado real dessa aparente anomalia só foi explicado em 1894, quando lorde Rayleigh e sir William Ramsay isolaram o argônio, adotando um processo bastante semelhante ao de Cavendish.

Adepto da teoria flogística, Cavendish não percebeu que suas experiências sobre a natureza dos gases constituíam a prova irrefutável da fragilidade e da inconsistência dessa teoria. Mesmo depois de conhecer o ponto de vista de Lavoisier, continuou ainda a adotar a terminologia flogística. (Alguns cientistas davam o nome de flogístico ao fluido que, acreditava-se, associado a uma substância e, através de calor e luz, se manifestava nos corpos e produzia combustão. Mais tarde, descobriu-se que o responsável por essas reações era o oxigênio.)

GRAU DE ELETRIFICAÇÃO

No domínio da eletricidade, Cavendish contribuiu decisivamente para o melhor conhecimento dos fenômenos de indução elétrica. Devem-se a ele a introdução do importante conceito de potencial, que ele chamava “grau de eletrificação”, bem como as primeiras noções de resistência dos condutores elétricos.

Após uma série de experiências, Cavendish determinou a densidade média da Terra, com bastante aproximação. O valor encontrado pelo cientista – 5,48 – é praticamente preciso, considerando-se que as mais recentes determinações fixam em 5,5 a densidade média do planeta.

Os trabalhos de Cavendish, inclusive suas memórias, foram reunidos e publicados, em 1921, com o título Os Escritos Científicos de Henry Cavendish

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA