IMPACTO DA VISITA VIRTUAL DO HOSPITAL DILSON Q. GODINHO

1834

Tema

A ação de visitar, ir ver alguém por cortesia, por dever, ou por simples afeição é o que define um tipo de visitação. O ato facultativo de ir ver um doente ou passar revista aos doentes de um hospital ou enfermaria, inspeção para conhecer o estado em que se acha, inspeção feita pelos funcionários que entram para verificação ou exames minuciosos de qualquer natureza é também definição para visita.
A visita pode ser na forma ausente fisicamente, de forma virtual, que pode ser definido por aquilo que não existe como realidade, mas sim como potência ou faculdade. Equivale fazer algo em virtude ou atividade. Virtual é o que se faz suscetível embora não esteja em exercício, não tendo efeito atual.
A visita virtual que permite a comunicação entre pacientes internados e pessoas em qualquer lugar do planeta utilizando o sistema Web. O contato é feito por meio de um computador, devidamente preparado pela equipe de TI da instituição, que é levado ao leito do paciente em horário previamente agendado. O comunicação contempla imagem e áudio.
O hospital é um local destinado ao atendimento de doentes, para proporcionar o diagnóstico e o tratamento necessário. Surgiram como lugares de acolhida de doentes e peregrinos, durante a Idade Média. Atualmente há diferenciação entre hospitais públicos e privados. Os hospitais públicos são financiados e mantidos pelo estado. Assim o capital para o projeto da visita virtual depende dessa característica de hospital.
A Visita Virtual tem provável influencia na recuperação porque a sensação de isolamento e a ação psicossocial da internação em UTI pode causar impacto ao paciente. A maior parte dos pacientes quer estar mais próxima da família, mas também se pode aproveitar o recurso para estabelecer contato com colegas de trabalho.
Compreender como as pessoas hospitalizadas vivenciam este momento de suas vidas e como são afetadas emocionalmente pelo afastamento de seu mundo social, mostra os recursos que o hospital pode utilizar como meios para tentar encontrar soluções para sofrimento e proporcionando um atendimento global e holístico.
A fundação de Saúde Dilson de Quadros Godinho tende a proporcionar bem estar aos seus pacientes. Foi criada em 1995 com princípios baseados num ideal de humanização aos atendimentos da saúde gratuita. Foi uma reunião de profissionais da saúde e da sociedade civil para formação da instituição.
No hospital Dilson de Quadros são realizados uma média de 8000 atendimentos e procedimentos nas diversas áreas como oncologia e nefrologia ao longo de um mês. Isso dispondo de espaço físico de 675059 metros quadrados.

Justificativa

Eu gostaria de estudar e me aprofundar neste assunto porque já trabalho nesse campo. Ver a disposição de colegas de trabalho com vontade de se aprimorar trabalhando com entusiasmo me faz querer estar desenvolvendo algo que alimente essa sua motivação.
A necessidade das pessoas se comunicarem e eu poder fazer com que isso seja possível, me remete a refletir no quanto sou importante para que o sistema funcione.
Prefiro trabalhar nesse projeto também pelo retorno financeiro que me trás, ter meu salário e ser independente.

Objetivo Geral

Fazer uma analise sobre o impacto causado pela visita virtual no hospital Dilson de Quadros Godinho para comparação de resultados com unidades de saúde que implantaram o mesmo tipo de projeto.

Objetivo Específico

Estudar as formas de visitação para registrar índices de satisfação de pacientes.
Analisar a forma de visita virtual para registrar e comparar com os parâmetros de satisfação dos pacientes nas formas de visitação não virtual.
Fazer exercícios práticos no atendimento a pacientes e parentes de pacientes interessados na visita virtual para execução real do sistema e adaptação de pacientes ao mesmo.
Verificar se o sistema é adotado por outras unidades de saúde para avaliar a aceitação e uma possível adaptação do mesmo sistema do hospital Dilson Godinho à elas.

Referencial Teórico

O fato de que o usuário tenha que procurar ativamente a informação faz com que em qualquer sistema digital de comunicação em rede ambos, emissor e receptor, sejam os principais fornecedores e, por conseguinte, o verdadeiro conteúdo da comunicação. (KERCKHOVE, 1998)
Comunidades virtuais são os agregados sociais surgidos na Rede, quando os intervenientes de um debate o levam por diante em número e sentimento suficientes para formarem teias de relações pessoais no ciberespaço (RHEINGOLD 1996)
As relações que compõem a socialidade constituem o verdadeiro substrato de toda vida em sociedade, não só da sociedade contemporânea, mas de toda vida em sociedade. São os momentos de despesa improdutiva, de engajamentos efêmeros, de submissão da razão à emoção de viver o estar junto que agrega determinado corpo social. Assim, é a socialidade que faz sociedade, desde as sociedades primitivas com seus momentos efervescentes, ritualísticos ou mesmo festivos, até as sociedades tecnologicamente avançadas. (MAFFESOLI 1998)
Reservatório, agrega imagens, sentimentos, lembranças, visões do real que realizam o imaginado, leituras da vida e, através de um mecanismo individual/grupal, sedimenta um modo de ver, de ser, de agir, de sentir e de aspirar ao estar no mundo. O imaginário é uma distorção involuntária do vivido que se cristaliza como marca individual ou grupal (SILVA 2003)
O atendimento educacional a jovens e crianças hospitalizadas está assegurada pela Declaração da Criança e Adolescente Hospitalizadas: o direito da criança desfrutar de alguma recreação, programas de educação para a saúde e acompanhamento do currículo escolar durante sua permanência no hospital. (CNDCA, 1995)
Essa propõe que a educação em hospital seja realizada através da organização de classes hospitalares, devendo-se assegurar oferta educacional, não só aos pequenos pacientes com transtornos do desenvolvimento, mas, também, às crianças e adolescentes em situações de risco, como é o caso da internação hospitalar (Fonseca, 1999)

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA