ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS

0
2556
DICAS PARA ANALISAR, COMPREENDER, E INTERPRETAR TEXTOS

São aquelas que desempenham as funções sintáticas próprias do substantivo. Sujeito, objeto direto, objeto indireto, predicativo, complemento nominal e aposto.

Subjetiva:
Funcionam como sujeito do verbo da oração principal.
Ex: É importante que você aprenda português.
que: Conjunção subordinativa integrante.
Obs.: Quando a oração subordinada substantiva é subjetiva, o verbo da oração principal fica sempre na 3º pessoa do singular.
Objetiva direta:
Funcionam como objeto direto do verbo da oração principal.
Ex: Não sei se Teresa virá.
se: Conjunção subordinativa integrante.
Objetivas indiretas:
Funcionam como objeto indireto do verbo da oração principal.
Ex: Gostaria de que todos me apoiassem.
que: conjunção subordinativa integrante.
Predicativas:
Funcionam como predicativo do sujeito da oração principal. Verbo de ligação: predicativo do sujeito.
Ex: Nossa esperança é que chova logo.
que: Conjunção subordinativa integrante.
Completivas Nominais:
Funcionam como complemento nominal de um nome da oração principal.
Ex: Ninguém teve dúvida de que a propaganda mentiu.
Apositivas:
Funcionam como aposto de um nome da oração principal.
Ex: Só desejo uma coisa: que vivam felizes.
Obs.: Tem que possuir dosi pontos (:).
Reduzidas: Não tem conectivo (conjunção).
Apresenta o verbo numa das formas nominais: infinitivo (-r), gerúndio (-ndo) e particípio ( – do).

Obs.:

· As orações subordinadas substantivas são geralmente iniciadas pelas conjunções integrantes: “que” e “se”. Podem, no entanto, vir inicidas por outras palavras, tais como:
– Pronome interrogativo: que, quem, qual, quanto.
Ex: Ninguém imagina qual será o prórpio destino.
– Advérbios interrogativos:
Ex: Não sei onde ele está.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here