Origem da Crise Econômica

0
14

Situação imobiliária norte-americana desencadeia crise na economia mundial, pois, a queda no preço dos imóveis leva a uma redução na riqueza do país, e o sistema capitalista funciona como um grande organismo onde as nações exercem uma relação de interdependência econômica, além do mais, países emergentes como China e Índia não suportaram a absorção das exportações excedentes.
Com a limitação do crédito e obviamente a desvalorização dos imóveis, os cidadãos americanos têm seu poder de compra reduzido, conseqüentemente há uma redução no consumo, ou seja, menos dinheiro em circulação, assim a economia dos EUA se vê enfraquecida, tendo que fazer um corte nas exportações afetando enfim os países que exportam para tal potência.
Convém lembrar que o capitalismo tem sua base de sustentação no consumo do que se é produzido, logo é necessário criar um mercado consumidor para escoar a produção. Muitas vezes grandes paises não tem mercado consumidor suficiente para garantir sua própria sobrevivência tendo que recorrer a novas nações, a isso denominamos interdependência econômica.
Logo se esperava que a China e a Índia – países super populosos e emergentes – absorvessem o excedente das exportações já que o Estados Unidos estava limitando o numero de importações, mas os mesmos não suportaram, o que findou causando uma grande recessão mundial, fazendo as economias entrarem em colapso mesmo com a tentativa de socorro dos BCs.
Portanto com o declínio econômico global ocasionado pela crise americana, percebemos a vulnerabilidade do sistema capitalista que mostra que nem os “países de primeiro mundo” estão preparados para uma complicação desta magnitude. Talvez seja necessário rever conceitos e adotar novos métodos de planejamento, ou, um novo sistema econômico mais solido que não seja linear.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here