DICAS PARA ANALISAR, COMPREENDER, E INTERPRETAR TEXTOS
HashFlare

Autor: Maria Carolina Rebouças Santos Fiuza

Um nome um pouco diferente está cada vez mais comum de ser ouvido nas academias de todo o Brasil. É o método de Pilates que surgiu em 1926 durante a guerra mundial e foi desenvolvido pelo ginasta Joseph Pilates que trabalhava como enfermeiro durante a guerra.

A idéia que se tem à primeira vista é de algo estranho com pessoas se contorcendo em aparelhos lembrando camas hospitalares e fisioterápicas. Este método foi desenvolvido pela necessidade de ajudar pacientes de guerra a recuperar a força e a resistência dos músculos através do conhecimento de anatomia e fisiologia.

Essa técnica ficou famosa após a guerra entre dançarinos e bailarinos e logo tomou dimensões entre os adeptos de fitness nos Estados Unidos e Europa, chegando ao Brasil há pouco tempo. O sucesso desta atividade deve-se aos resultados surpreendentes e rápidos no enrijecimento muscular no aumento de força e postura.

O método de Pilates traz inúmeras vantagens, principalmente para aquelas pessoas que estão cansadas das tradicionais ginásticas de academia. Os resultados de emagrecimento e queima calórica são expressivos, acompanhados do aumento de massa muscular, resistência cardiorespiratória, diminuição do estresse e da tensão, e aumento da flexibilidade.

Os exercícios realizados através do método de Pilates são diferenciados pelo fato de não usar pesos adicionais, sendo empregada somente a própria força e dando especial atenção para o trabalho de postura e de respiração para que seja realizado corretamente.

Os movimentos são, geralmente, realizados em séries de 10 repetições para cada seguimento muscular e estão divididos em exercícios realizados no chão – sobre um colchonete – para os iniciantes e, nos aparelhos específicos como cadilaac, reformer, pedipole e chair, voltados para os alunos mais avançados em sessões individuais.

Quem pode fazer esta aula?

Este método de condicionamento corporal promove harmonia e balanço muscular para todas as idades, condicionando e energizando seu corpo através dos exercícios.

Por ser uma atividade individual ou feita na companhia de pequenos grupos e ainda supervisionada por um professor, a aula pode ser direcionada para as necessidades individuais do aluno. Estes exercícios especiais podem ser feitos por qualquer indivíduo, desde o super treinado ao sedentário, do idoso ao adolescente e das grávidas aos pacientes em fase de reabilitação ou com desordens alimentares, ainda podendo ser recomendado como condicionamento e prevenção de lesões para todos os indivíduos.

Quem foi Joseph Pilates – O método Pilates.

Nasceu na alemanha em 1880 e morreu em 1967, tinha um eterno interesse pela atividade física. Sofrendo de asma e febre reumática quando era criança, buscou na atividade física uma solução para vencer seus problemas, estudou a yoga, zen budismo, regimes gregos e romanos. E aos 14 anos, contam seguidores do professor, estava em tão boa forma que podia posar para mapas de anatomia.

Durante a primeira guerra mundial foi mandado para a Inglaterra como enfermeiro. Neste período ficou inspirado a desenvolver o método para ajudar seus pacientes que tinham problemas físicos. Ele treinou outros estrangeiros utilizando exercícios de cultura física que ele mesmo desenvolvera. Seus exercícios começaram a ser reconhecidos como técnica quando nenhum dos internos daquele campo de treinamento sucumbiu a uma epidemia de gripe que matou milhares de pessoas em outros campos da Inglaterra, em 1918. Aperfeiçoou a prática após a guerra, dando treinamento à polícia de Hamburgo (Alemanha), e em 1920 já tinha um método estruturado, iniciou uma fundação voltada para este método e desenvolveu equipamentos específicos.

Em 1926, Pilates emigrou para os estados unidos, e foi na viagem de navio que conheceu clara, sua futura esposa. Juntos, trouxeram a idéia para New York city abrindo seu estúdio: Pilates Studio. Lá Pilates ensinou e formou instrutores no intitulado Método Pilates de Condicionamento Físico, também conhecido como Arte do Controle ou Contrologia. O estúdio funciona até hoje, e foi nele que Joseph e Clara supervisionaram seus clientes pessoalmente, até a década de 1960. Conquistou os primeiros seguidores famosos entre dançarinos como Martha Grahan e George Balanchine, que o recomendaram a seus próprios alunos como treinamento. Pilates morreu em 1967, aos 87 anos, em decorrência de um incêndio no estúdio.

Ultimamente o método é usado por todo o mundo por indivíduos de todos os níveis de condicionamento físico assim como por companhias de danças como as que apresentam em shows na broadway (citado como exemplo: Ruth St. Denis, Ted Shawn, Martha Graham, George Balanchine, Hanya Holm and Jerome Robbins), e personalidades como: Gregory Peck and Katharine Hepburn e atuais como Madonna, Jessica Lange, Michael Crawford, Joan Collins, Greta Scacchi, Sigourney Weaver, Britt Ekland, Pat Cash, Kristi Yamaguchi, Stefanie Powers, Wayne Sleep e Tracy, além de estudantes de universidades, times esportivos, spas, academias, clínicas e clubes.

Segundo artigo publicado pela revista E.F. Confef ano III nº 11 – março de 2004, em 1941, a Romana kryzanowska iniciou seus treinamentos sob a supervisão de Joseph e Clara Pilates. Após a morte de pilates, Romana, sua maior pupila, continuou a estudar e ensinar o método. Clara veio a nomear Kryzanowska como tutora do Método Pilates de Condicionamento Físico, pretendendo que nenhuma pessoa utilizasse o nome Pilates sem autorização. Em 1970, Clara Pilates transferiu todos os direitos pra a empresa de Romana, denominada 939 Studio Corp. que mais tarde trasferirira novamente esses direitos a Aris Isotoner Gloves, Inc. ficando Romana somente com a responsabilidade sobre as aulas e treinamento. O método também era ensinado por Sean Gallagher na filadélfia. Ambos se tornaram sócios e Sean adquiriu os direitos autorais sobre as marcas e sobre o método pilates no mundo inteiro. Constituindo a empresa Pilates, Inc., com sede em New York, que detém os direitos de uso das marcas Pilates e The Pilates Studio.

O que é diferente neste método?

Joseph H. Pilates elaborou mais de 500 exercícios utilizando 9 aparelhos para desenvolver… o corpo uniformemente.

E ao invés de se repetir muitas vezes cada exercício ele indica em seu método ser preferível exercitar-se com mais eficiência e com menos repetições, exigindo do praticante um controle adequado de seu corpo. Devido a necessidade de se concentrar utilizando sua mente ligada ao corpo durante as rotinas de exercícios é garantido ao praticante sentir-se mais consciente das funções musculares e ainda controlá-las mais adequadamente.

Benefícios

Estimula a circulação, melhora o condicionamento físico geral, a flexibilidade, a amplitude muscular e o alinhamento postural adequado. Além disso, promove melhoras nos níveis de consciência corporal e melhora a coordenação motora.

Todos esses benefícios citados ajudam a prevenir e reduzir riscos de uma futura lesão proporcionando inclusive alívio de dores crônicas, ou seja, o método pilates é particularmente utilizado para reabilitação de problemas na coluna. Ele fortalece, alonga, e equilibra toda a musculatura que envolve a coluna vertebral, alinhando e descomprimindo tensões na mesma. Ajudando a aliviar pinçamentos e compressões de discos. Esta descompressão facilita e estimula a circulação na região com problemas.

Este trabalho de estabilização da pelve e coluna, também , como acréscimo, ajuda a preparar a reabilitação de áreas com fraqueza muscular com maior eficiência. Este método tem sido utilizado com sucesso em reabilitação de complicações de joelhos, ombros, panturrilhas, em casos de acidentes automobilísticos, poliomelites, apoplexia,de pós-cirurgias, pré e pós-parto, dentre outros.

Segundo Joseph Pilates, após as 10 primeiras aulas, o praticante sente que o corpo mudou; após 20 aulas, que as mudanças são visíveis ; após 30, as demais pessoas começam a notar as mudanças.

A Aula

A aula é baseada em exercícios rítmicos de força e alongamentos e com bastante trabalhos concêntricos e excêntricos de abdômen e músculos lombares executados pelo praticante nunca passivamente. Você controla seus equipamentos executando os exercícios e assim fortalecendo e massageando seu corpo, evoluindo de acordo com sua capacidade individual. A maioria dos exercícios são feitos na horizontal nos aparelhos e no “the mat”. Muitos dos exercícios foram baseados nas técnicas do Hatha Yoga, exercícios gregos e romanos e a respiração profunda (meditação), elimina a tensão e aumenta a estamina . Os especialistas dizem ser a ginástica mais eficiente de todos os tempos. Existem, porém, alguns detalhes durante a execução da aula: numa aula de pilates, ninguém faz movimentos automáticos e repetitivos, pelo contrário, cada aluno adquire uma perfeita consciência de todos os músculos que está trabalhando. “O rigor técnico é o grande segredo” . Cada exercício deve ser feito num ângulo específico, por isto os resultados parecem ser tão mais rápidos.

Fazer uma aula sem a instrução de um professor credenciado, é perda de tempo. A garantia da eficiência do método está em exatamente na precisão dos movimentos e que só poderá conseguir com a ajuda dele. Por exemplo, numa aula os alunos costumam passar como que 30 min só nos exercícios de consciência corporal, só quando estão todos suando é que começa a ginástica propriamente dita. Não adianta ir direto aos exercícios os alunos não conseguem executá-los com eficiência sem o pré-aquecimento.

Quando se olha alguns exercícios tem-se a impressão que são simples alongamentos, nada muito puxado, talvez por não ser necessário fazer muitas repetições do mesmo exercício. Mas somente participando da aula é que teremos como avaliar e sentir os músculos exigidos principalmente do abdômen. Com todo este rigor técnico os resultados não demoram a aparecer e após em média 30 sessões, você consegue transformar seu corpo de maneira equilibrada definindo todos os músculos por igual. No brasil existem já muitos adeptos, uma delas é a atriz Sônea Braga que diz: “já fiz muita ginástica em minha vida, mas nenhuma mudou meu corpo tão profundamente e rapidamente “.

Além de aparelhos (parecem camas de madeira com molas e tiras de couro substituindo os pesos) as aulas de pilates podem ser feitas fora dele.

As aulas são quase sempre individuais e e custam no Brasil em torno de R$ 60,00 a R$ 80,00 por hora.

O Método no Brasil

Segundo artigo publicado pela revista E.F. Confef ano III nº 11 – março de 2004, o método pilates foi introduzido no Brasil pela profissional de Educação Física Inélia Garcia, quem se certificou nos Estados Unidos, com a Romana Kryzanowska, ex-aluna de Joseph Pilates. Mais tarde, Romana e sua filha Sari Mejías as “Masters Teachers” do Pilates, ministraram o primeiro curso de formação no Brasil.

Posteriormente, após treinamentos intensivo e entrevistas, a Profa. Romana, autorizou a profa. Inélia Garcia a abrir um centro de certificação que começou a atuar em 1999, realizando cursos que só eram possíveis nos Estados Unidos.

As aulas apresentam:

Exercícios suaves e eficazes;
Poucas repetições de cada movimento;
Grande repertório de exercícios;
Aulas únicas, evitando monotonia;
Uso de aparelhos e acessórios criados especialmente para os exercícios;
Resultados rápidos e duradouros;
Construção de uma postura correta e natural;
Não há desgaste físico.
OBS: Qualquer pessoa, entre 12 e 100 anos e em todos os níveis de condicionamento físico pode praticar o Pilates.

Bibliografia:

www.studiolotus.com/

www.pilatesalbuquerque.com/ pilates-newcomer.html

http://www1.uol.com.br/cyberdiet/colunas/020812_fit_x_pilates2.htm

COMPARTILHAR
Artigo anteriorHipertensão Arterial
Próximo artigoIMC – Índice de Massa Corporal

Marcelo é um profissional de Informática interessado em Internet, Programação PHP, Banco de Dados SQL Server e MySQL, Bootstrap, Wordpress. Nos tempos livres escreve nos sites trabalhosescolares.net sobre biografias, trabalhos escolares, provas para concursos e trabalhos escolares em geral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here