PRINCIPIOS GERAIS

3050

Contrária a outras funções que envolvem (frabricação de produtos).As funções da administração tem em vista o corpo social.

Como todo sistema é necessário um certo número de condições para se fazer um bom trabalho na administração.

No entanto não existe nada rigído nem absoluto em matéria de administração.Um bom administrador não se limita a qualquer instrumento administrativo,ele deve ter um tato fruto de suas experiências.

Alguns princípios utilizados com mais freqüência:

1) divisão do trabalho:sua finalidade é produzir mais e melhor em um menor tempo,utilizando o que cada pessoa tem de melhor .

2) autoridade e responsabilidade: A autoridade consiste no direito de mandar e no poder de se fazer obedecer,a responsabilidade é a recompensa ou penalidade, que acompanha o exercício do poder.Um bom chefe faz-se valer sua autoridade pessoal derivada de sua inteligência ,saber no valor moral e de sua aptidão de comando.

3) disciplina:A presença ou assistência frequente junto a seus compromissos , cumprir seus direitos e deveres .

4) unidade de comando:para uma boa execução de tarefas é necessário uma unidade de comando,onde tenha apenas um chefe dando ordens para um funcionário,para não haver uma dualidade na interpretação da ordem.

5) unidade de direção:indica qual o caminho a ser tomado para a execução de uma tarefa é a condição necessária da unidade de ação , da coordenação de forças.A unidade de comando não pode existir sem unidade de direção.

6) subordinação do interesse particular ao interesse geral:o interesse de um agente ou de um certo grupo não deve prevalecer ao da empresa.

7) remuneração do pessoal:prêmio pelo serviço prestado, existem fatores que influenciam esse princípio como,(garantir remuneração equitativa,encorajar o zelo,evitar os excessos de remuneração).Os operários possuem diversos modos de retribuição:pagamento por dia , por tarefa , prêmios , participação dos lucros , subsidios em espécies – instituicões de bem-estar-compennsações honoríficas.

8) centralização:como todo sistema a ordem parte de uma origem.A centralização é um sistema de administração que pode ser adotado ou adandonando a vontade dos dirigentes, de acordo com as circunstâncias, sempre em maior ou menor grau.O problema da centralização é uma simples questão de medida.Trata-se de encontrar o limite favorável da empresa.

9) hierarquia:a série dos chefes, que vai da autoridade superior aos agentes inferiores. Inúmeras operações dependem de execução rápida, é preciso conciliar o respeito à via hierarquica com a obrigação de rápida execução.

10) ordem:um lugar para cada coisa cada coisa em seu lugar.existem dois tipos de ordem (A ordem material:precedente a ordem material é preciso que um lugar tenha sido reservado para que cada objeto fique em sua designada ordem),(A ordem social:além de manter as necessidades das empresas em colocar seus funcionários nas suas ocupações, referem-se também ao conhecimento exato das necessidades e dos recursos da empresa.

11) eqüidade:disposição para reconhecer imparcialmente o direito de cada qual.O chefe da empresa deve constantemente colocar em jogo as mais altas qualidades que possui.Há preocupação constante de instalar o sentimento de equidade em todos os níveis da hierarquia .

12) estabilidade pessoal:um funcionário ao se deslocar de uma função para outra deve ter tempo para sua adaptação.E se a mesma repetir-se indefinidamente a função jamais será bem desempenhada.

13) iniciativa:ter uma idéia colocar ela em prática assegurar sua boa execução.

14) união do pessoal:a harmonia e a união do pessoal de uma empresa é a grande fonte de vitalidade para ela –Não se deve dividir o pessoal – Não se deve abusar das comunicações escritas essas geralmente devem estar escritas de forma simples e de facíl compreensão e entendimento.

Bibliográfia:

Fayol,Henei,Administração Industrial e Geral, tradução para português de Irene de Bojano e Mário de Souza 9 ed. São Paulo,Atlas,1981.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA