TERMOS ACESSÓRIOS DA ORAÇÃO

0
1905
DICAS PARA ANALISAR, COMPREENDER, E INTERPRETAR TEXTOS

Adjunto Adverbial:
– É o termo que denota circunstância e modifica o sentido de um verbo, adjetivo ou advérbio. São os advérbios e as locuções adverbiais que atuam nas orações como adjunto adverbial.

– Atenção! Não confunda Predicativo com Adjunto Adverbial:
Os aviões passavam velozmente sobre a cidade. (adj. Adverbial)
Os aviões passavam velozes sobre a cidade. (predicativo)

2. Adjunto adnominal:

– É o termo da oração que modifica um substantivo, qualquer que seja sua função sintática, qualificando-o, especificando-o, determinando-o ou indeterminando-o. Pode ser sintaticamente um artigo, pronomes, adjetivo, locuções adjetivas e numerais.

Exemplos:

· No desfile, duas garotas vestiam calças e camisetas brancas.

· Pode levar também este jornal; meu filho caçula já leu o caderno de esportes.

· Roubaram-lhe as economias.

· O espetáculo de dança foi suspenso até segunda ordem.

· O espetáculo coreográfico foi suspenso até segunda ordem.

– Atenção! Não confunda predicativo com adjunto adnominal.
Predicativo: Não pertence e refere.
Adjunto adnominal: Pertence e refere.
Ex: O time contratou um bom goleiro – Adjunto Adnominal.
O técnico considera bom o goleiro. – Predicativo do obj. direto.

– Dica: Substitui o objeto direto pelo pronome correspondente (oblíquo átono):
Ex: O time contratou-o. (Adj. Adnominal).
O técnico considera-o bom. (predicativo).

3. Aposto:

– É o termo da oração que se refere a um substantivo, a um pronome ou a uma oração, para explicá-los, ampliá-los, resumi-los ou identificá-los. Mais comumente o aposto é marcado por uma pausa entre o termo que se refere, mas não é regra geral.

Exemplos:

· Àquela hora a avenida Brasil estava intransitável.

· O resto, isto é, as louças, os cristais e os talheres, irá nas caixas menores.

· Este advogado, como representante da comunidade, é imprescindível.

4. Vocativo:

– É o termo da oração por meio do qual chamamos ou interpelamos nosso interlocutor, real ou imaginário. Geralmente é isolado por vírgulas, e, em algumas vezes, acompanhado de uma interjeição.

Exemplos:

· Você viu, doutor, que notícia agradável?

· Deus, me ajude!

· Ó filho, me ajude a carregar as compras.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorTERMOS INTEGRANTES DA ORAÇÃO
Próximo artigoCRASE
Marcelo é um profissional de Informática interessado em Internet, Programação PHP, Banco de Dados SQL Server e MySQL, Bootstrap, Wordpress. Nos tempos livres escreve nos sites trabalhosescolares.net sobre biografias, trabalhos escolares, provas para concursos e trabalhos escolares em geral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here