Tipos de Medicamentos

0
8581
DICAS PARA ANALISAR, COMPREENDER, E INTERPRETAR TEXTOS

Autoria: Patricia Amazonas

Tipos de Medicamentos

Introdução

A farmacologia é a ciência que estuda os fármacos e os medicamentos sob todos os aspectos,isto é, a fonte, a absorção, o destino no organismo, o mecanismo de ação e os seus efeitos.

O conhecimento dos fármacos e o domínio de suas propriedades terapêuticas e tóxicas transformaram o uso da farmacologia através dos séculos. As drogas foram aos poucos ganhando importância e se transformando na principal arma dos médicos.

Mas a dificuldade de obtê-las e prepará-las fez surgir a necessidade de outra profissão, a do farmacêutico. Pela sua própria formação e responsabilidade profissional, o farmacêutico foi ampliando sua atuação na área de gerenciamento e atualização de informação de modo geral, integrando à equipe médica, através da especialização em farmácia clínica e o domínio de suas propriedades terapêuticas e tóxicas transformaram o uso da farmacologia através dos séculos.

Antiácidos

Conceito

Substância que neutraliza o ácido gástrico.

Substância Ativa Estudada

HIDRÓXIDO DE ALUMÍNIO

Indicação

Acidez gástrica; duodenite; esofagite; gastrite; hérnia de hiato; úlcera péptica.

Contra Indicação

Criança menor de 6 anos; diminuição de fosfato no sangue; obstrução intestinal.

Efeitos Colaterais

Constipação intestinal; diminuição de fosfato no sangue; diminuição dos movimentos intestinais; osteomalacia (amolecimento dos ossos); perda de apetite.

Exemplos de Medicamentos Comerciais

Gelmax , Pepsamar , Gastran, Kolantil .

Antiemético

Conceito

Substância que alivia as náuseas e os vômitos.

Substância Ativa Estudada

ALIZAPRIDA

Indicação

Náusea e vômito nos tratamentos de câncer.

Contra Indicação

Durante a gravidez; feocromocitoma; paciente que tenha apresentado dificuldade de movimentação com o uso de neuroléptico

Efeitos Colaterais

Amenorréia (parada da menstruação); aumento das mamas; diarréia; dor de cabeça; espasmo facial; movimento involuntário ou torcicolo; queda de pressão arterial , vertigem.

Exemplos de Medicamentos Comerciais

Digesan , Plasil , Dramin.

Laxativos

Conceito

Fármacos que estimulam e facilitam a passagem das fezes.

Substância Ativa Estudada

BISACODIL

Indicação

Constipação intestinal; procedimentos hospitalares (preparação).

Contra Indicação

Apendicite; colite ulcerativa; crianças com menos de 6 anos; distúrbios de fluidos e eletrólitos; fissura retal; hemorróida ulcerada; impactação fecal; obstrução intestinal; problema abdominal necessitando de cirurgia imediata.

Efeitos Colaterais

Cólica abdominal; dependência laxativa (após uso ou tratamento muito prolongado); diarréia (com doses altas do produto); falta de apetite; náusea; sensação de queimação no reto (com o uso dos supositórios); vômito.

Exemplos de Medicamentos Comerciais

Lactopurga , Ducolax , Gutalax

Antidiarréicos

Conceito

Substância que controla a diarréia. A escolha do tratamento depende da causa subjacente.

Substância Ativa Estudada

LOPERAMIDA

Indicação

Diarréia aguda inespecífica, sem caráter infeccioso; diarréia crônica espoliativa;, associada a doença inflamatória ou retocolite ulcerativa; na excessiva perda de água e eletrólitos na ileostomia ou colostomia.

Contra Indicação

Colite ulcerativa; diarréia devido a colite pseudomembranosa; disenterias caracterizadas por sangue nas fezes e febre alta; doença de Crohn; em crianças menores de 2 anos.

Efeitos Colaterais

Boca seca; cólica abdominal; constipação intestinal; desidratação; distensão abdominal; erupção na pele; fadiga; náusea; sonolência; tontura; vômito.

Exemplos de Medicamentos Comerciais

Imosec , Floratil, Colestase.

Digitálicos

Conceito

São medicamentos que evitam ou corrigem as arritmias cardíacas , equilibrando o movimento cistólito e diastólico.

Substância Ativa Estudada

DIGITOXINA

Indicação

Fibrilação atrial; insuficiência cardíaca congestiva; taquicardia atrial paroxística.

Contra Indicação

Fibrilação ventricular; história de efeitos tóxicos anteriores com digitálicos.

Efeitos Colaterais

Agitação; alucinação; arritmia cardíaca (mais comumente distúrbio de condução, com ou sem bloqueio átrio-ventricular, contração ventricular prematura e arritmia supraventricular); aumento da intensidade da insuficiência cardíaca congestiva; diarréia; dor de cabeça; fadiga; falta de apetite; fraqueza; halo amarelo-esverdeado ao redor das imagens visuais; mal-estar; náusea; paralisia repentina; parestesia (sensação anormal de formigamento, ferroadas ou queimação ao toque); queda da pressão arterial; sensibilidade à luz; tontura; toxicidade digitálica (náusea, vômito e arritmia); vertigem; visão borrada; visão dupla; vômito

Exemplos de Medicamentos Comerciais

Digoxil Lanoxin , Lanitop, Lidocord.

Vasodilatadores

Conceito

Medicamentos que provocam vasodilatação , fazendo baixar a pressão sanguínea no interior das artérias.

Substância Ativa Estudada

BUFLOMEDIL

Indicação

Distúrbio circulatório (microcirculação): arterite; doença de Raynaud; síndrome de Raynaud; eritrocianose; diabetes; aterosclerose.

Contra Indicação

Menores de 18 anos de idade; no pós-parto; se houver algum sangramento.

Efeitos Colaterais

Coceira; distúrbio no estômago ou no intestino; dor de cabeça; queda de pressão arterial; vermelhidão na pele.

Exemplos de Medicamentos Comerciais

Bufedil , Nipride, Aldomet, Adalat.

Vasoconstrictor

Conceito

São medicamentos que agindo sobre os vasos fazem com que os mesmos se contraiam , provocando assim uma maior pressão no sangue dentro dos mesmos.

Substância Ativa Estudada

HIDROCORTISONA

Indicação

Asma brônquica; colite ulcerativa; doença do colágeno; edema angioneurótico (angioedema); inflamação grave; insuficiência supra-renal; pênfigo; reação alérgica grave.

Contra Indicação

Infecção fúngica sistêmica (exceto na insuficiência supra-renal); hipersensibilidade a corticosteróide; infecção bacteriana ou viral não controladas por agente antiinfeccioso (a não ser que haja risco de vida).

Efeitos Colaterais

Alteração de personalidade; aumento da necessidade de insulina e hipoglicemiantes orais em diabéticos; aumento de pressão arterial; aumento de pressão intracraniana; aumento na sudorese; catabolismo protéico; catarata (principalmente em criança); choque anafilático; convulsões; depressão; diarréia; distensão abdominal; dor de cabeça; eliminação de cálcio; eliminação de potássio; esofagite; euforia; fraqueza muscular; glaucoma (aumento da pressão intraocular); hipersensibilidade; inibição do crescimento fetal intra-uterino e infantil; insônia; insuficiência cardíaca; irregularidade menstrual; irritabilidade; lesão no estômago; lesão nos intestinos; manifestação de diabetes; mudança de humor; náusea; osteoporose; pancreatite; perda de massa muscular; psicose; reação tipo choque ou queda da pressão arterial; retardo na cicatrização; retenção de sal e líquidos; síndrome de Cushing (ganho de peso, cara de lua cheia, aumento da pressão arterial); úlcera péptica; urticária; vertigens. O produto pode mascarar alguns sinais de infecção e novas infecções podem ocorrer.

Exemplos de Medicamentos Comerciais

Berlison , Gingilone (assoc.) ,Hidrocorte (assoc.) ,Nutracort , Otosporin , Stiefcortil ,Terra-cortril (assoc.) ,Viofórmio ,Hidrocortisona (assoc.) , Westcort , Flebocortid , Hidrocortisona (med. genérico) ,Solu-cortef .

Antianêmico

Conceito

Drogas usadas o combate a anemia , favorecendo a formação dos elementos necessários do sangue

Substância Ativa Estudada

ÁCIDO FÓLICO

Indicação

Anemia megaloblástica ou anemia macrocítica; devida a deficiência de ácido fólico (por alcoolismo, doença hepática, anemia hemorrágica ou na gestação).

Contra Indicação

Anemia normocítica aplástica ou perniciosa

Efeitos Colaterais

Choque anafilático; coceira; coloração amarelada na urina; erupção na pele; estreitamento dos brônquios; mal-estar; vermelhidão na pele.

Exemplos de Medicamentos Comerciais

Isovorin , Leucovorin , Leucovorina (med. genérico) , Tecnovorin

Diurético

Conceito

Qualquer medicamento que aumente o fluxo urinário

Substância Ativa Estudada

ACETAZOLAMIDA

Indicação

Edema (na insuficiência cardíaca congestiva); glaucoma de ângulo aberto.

Contra Indicação

Acidose hiperclorêmica; baixo nível de sódio ou potássio; insuficiência hepática; insuficiência renal grave.

Efeitos Colaterais

Alteração metabólica; alterações no exame de urina; anemia e outras alterações sangüíneas; aumento da frequência urinária; aumento da glicose no sangue; cálculo renal; confusão mental; diminuição do potássio no sangue; erupção na pele; falta de apetite; miopia transitória; náusea; sangue na urina; sonolência, parestesia (sensação anormal de formigamento, ferroadas ou queimação ao toque); vômito.

Exemplos de Medicamentos Comerciais

Diurisa (assoc.) , Furosemida (med. genérico) ,Furosemide composto (assoc.) , Hidrion (assoc.) , Lasix ,Lasix long , Rovelan .

Anti-Histamínico

Conceito

Substância que anula os efeitos da histamina. Os anti-histaminícos podem ser naturais ou sintéticos. Os anti-histamínicos H1 aliviam os sintomas alérgicos, como o corrimento nasal, prurido ou tumefação.

Histamina – Substância que medeia a inflamação, normalmente libertada nos tecidos afectados, e que também é responsável por muitos dos sintomas da alergia. As substâncias que neutralizam os seus efeitos são conhecidas por anti-histamínicos. A histamina foi descrita pela primeira vez em 1911 pelo fisiologista britânico Henry Dale (1875-1968).

Substância Ativa Estudada

LORATADINA

Indicação

Afecção dermatológica alérgica, rinite alérgica

Contra Indicação

Criança com menos de 2 anos de idade; insuficiência hepática.

Efeitos Colaterais

Boca seca; dor de cabeça; fadiga; queda de pressão ao se levantar; sedação; sonolência;tontura.

Exemplos de Medicamentos Comerciais

Buclina ,Carnabol (assoc.) ,Postafen , Profol (assoc.) , Vitaler (assoc.) , Clarintin.

Antitussígeno

Conceito

Fármacos que agem diminuindo o estímulo, que leva o indivíduo a tossir.

Substância Ativa Estudada

CLOBUTINOL

Indicação

Tosse irritativa e espasmódica; tosse não produtiva.

Contra Indicação

Asma; em crianças com menos de 6 meses de idade; insuficiência respiratória; não usar quando a tosse for necessária para eliminação das secreções ou de corpos estranhos; queda de pressão arterial.

Efeitos Colaterais

Desconforto na barriga , náusea , sonolência, tontura.

Exemplos de Medicamentos Comerciais

Silomat , Vibral, Zyplo, Binelli.

Expectorante

Conceito

Estimula a secreção de muco nas vias aéreas e reduz simultaneamente a sua viscosidade para facilitar a eliminação das secreções brônquica desencadeantes da tosse.

Substância Ativa Estudada

AMBROXOL

Indicação

Bronquite aguda e crônica; bronquite asmática; bronquite enfisematosa; traqueobronquite.

Contra Indicação

Não encontradas

Efeitos Colaterais

Diarréia; náusea; vômito. Em alguns pacientes pode ocorrer estreitamento (constrição) dos brônquios durante a inalação.

Exemplos de Medicamentos Comerciais

Ambroxol (med. genérico) ,Anabron , Expectuss, Fluibron , Fluxol Mucibron , Mucolin , Mucosolvan .

Broncodilatador

Conceito

É um medicamento, como o próprio nome diz, que dilata os brônquios (vias aéreas) quando o asmático está com falta de ar, chiado no peito ou crise de tosse. Existem broncodilatadores chamados b2-agonistas – uns apresentam efeito curto e outros efeito prolongado (que dura até 12h). Os de efeito curto costumam ser utilizados conforme a necessidade. Se a pessoa está bem, sem sintomas, não precisará utilizá-los. Já aqueles de efeito prolongado costumam ser utilizados continuamente, a cada 12 horas, e são indicados para casos específicos de asma. Além dos b2-agonistas, outros broncodilatadores, como teofilinas e anticolinérgicos, podem ser usados.

Substância

Ativa Estudada

ACEBROFILINA

Indicação

Broncoespasmo.

Contra Indicação

Hipersensibilidade aos derivados da xantina.

Efeitos Colaterais

Agitação; arritmia cardíaca; aumento da taxa de açúcar no sangue; aumento da temperatura corporal; aumento dos batimentos cardíacos; confusão mental; convulsão; diarréia; dor de cabeça; dor de estômago; erupção na pele; excitação; insônia; irritabilidade; náusea; palpitação; queda da pressão arterial; respiração acelerada; vômito.

Exemplos de Medicamentos Comerciais

Acebrofilina (med. genérico) , Brismucol , Brondilat.

Sedativo

Conceito

Qualquer droga que tem um efeito calmante, reduzindo a ansiedade e a tensão. Este tipo de medicamento diminui a atividade do cérebro, principalmente quando este está em um estado de excitação acima do normal.

Substância Ativa Estudada

FENOBARBITAL

Indicação

Convulsão febril e epilepsia .

Contra Indicação

Broncopneumonia; depressão ou idéia suicida; desconforto respiratório severo; dor crônica ou aguda (incontrolável); durante a gravidez; estado asmático; hipersensibilidade aos barbituratos; mulher amamentando; porfiria.

Efeitos Colaterais

Aumentos dos sonhos e pesadelos; colapso circulatório; confusão mental e agitação (em idosos); constipação intestinal; contração da laringe; convulsão (após descontinuação rápida ou redução na dose); deficiência de vitamina K e sangramento em recém-nascidos de mães que receberam o produto durante a gravidez; depressão do sistema nervoso central; depressão respiratória; diarréia; diminuição dos batimentos cardíacos; dor de cabeça; dor e possível dano no tecido muscular (no local da injeção, se houver extravasamento); dor na região do estômago; erupção na pele; estreitamento dos brônquios; excitamento paradoxal; letargia; hiperalgesia (sensação de dor muito aumentada); hiperexcitabilidade (em crianças); insônia de rebote; náusea; queda de pressão arterial (após administração intravenosa rápida); ressaca; retração das pupilas; síndrome de Stevens-Johnson (eritema multiforme grave); sonolência; tromboflebite; urticária; vertigem; vômito.

Exemplos de Medicamentos Comerciais

Edhanol ,Fenocris ,Gardenal,Lexotan .

Anti-Convulsivante

Conceito

Droga utilizada para prevenir as crises epilépticas ou reduzir a sua gravidade; ver epilepsia.

Em muitos casos, consegue-se um controlo completo da epilepsia através de uma terapia cuidadosa com um agente.

CONVULSÃO

Doença caracterizada por descargas eléctricas anormais nos hemisférios cerebrais do cérebro. A epilepsia e as convulsões decorrentes pode ser controlada pelas drogas anticonvulsivas.

Substância Ativa Estudada

PRIMIDONA

Indicação

Crise epiléptica focal; crise epiléptica psicomotora; grande mal epiléptico.

Contra Indicação

Acentuada insuficiência hepática; alergia ao fenobarbital; criança com menos de 6 anos; doença respiratória severa ou estado asmático; durante a gravidez.

Efeitos Colaterais

Anemia megaloblástica; ataxia (falta de coordenação muscular); constipação intestinal; distúrbio emocional; dor articular; erupção na pele; fadiga; febre; hiperexcitabilidade (em crianças com menos de 6 anos); hiperirritabilidade; impotência; inchaço de pálpebra; movimentos involuntários rápidos dos olhos; náusea; perda do apetite; problemas no fígado; queda dos cabelos; reação psicótica aguda; sede; sonolência; vertigem; visão dupla; vômito.

Exemplos de Medicamentos Comerciais

Edhanol , Fenocris , Gardenal

Analgésico

Conceito

Substância usada para o alívio da dor. Os opiácios alteram a percepção da dor e são eficazes no controlo da dor visceral (interna) «profunda». O seu efeito verifica-se sobretudo sobre a tolerância, pelo que a componente sensorial da dor se mantém inalterada após a sua administração: alguns doentes referem que continuam a sentir dor, mas que esta deixou de os incomodar.

Substância Ativa Estudada

ÁCIDO ACETILSALICÍLICO

Indicação

Dor; dor pós-cirúrgica (em odontologia); febre; inflamação; agregação plaquetária.

Contra Indicação

Criança e adolescente com febre de origem virótica (especialmente gripe e varicela); diminuição das plaquetas no sangue (risco de sangramento); durante gravidez; hemofilia (risco de hemorragia); história de alergia grave ao produto ou a outro antiinflamatório não esteróide; pólipos nasais associados com asma e exacerbados pelo produto; úlcera sangrando ou hemorragia (pode agravar).

Efeitos Colaterais

Alterações no sangue; erupção na pele; estreitamento dos brônquios; irritação gastrintestinal (dor no estômago, má digestão, azia, náusea ou vômito); problema renal; rinite; sangramento genvival; síndrome de Reye e urticária.

Exemplos de Medicamentos Comerciais

Vioxx , Dorflex , Neosaldina

Anti-Térmico

Conceito

Substância que reduz a temperatura do indivíduo

Substância Ativa Estudada

DIPIRONA

Indicação

dor;febre.

Contra Indicação

asma; deficiência de glicose-6-fostato-desidrogenase; crianças com menos de 3 meses de idade ou com menos de 5 kg de peso; crianças com menos de 3 anos (o supositório); durante a gravidez; hipersensibilidade a derivados pirazolônicos; infecção respiratória crônica; porfiria; reação alérgica a drogas.

Efeitos Colaterais

ataques de asma em pacientes predispostos; diminuição acentuada de células sangüíneas denominadas granulócitos; choque; reação na pele (do tipo alérgico) ou nas mucosas (principalmente da boca e da garganta).

Exemplos de Medicamentos Comerciais

Novalgina, Magnopirol, Tylenol

Anti-Espasmódico

Conceito

Droga que reduz a motilidade, a acção espontânea da parede intestinal. Os anticolinérgicos são um tipo de antiespasmódicos que actuam indirectamente através do sistema nervoso autónomo, que controla os movimentos involuntários.

Substância Ativa Estudada

ESCOPOLAMINA

Indicação

cólica;úlcera do estômago ou duodenal

Contra Indicação

Mulher amamentando

Efeitos Colaterais

Alucinação; ansiedade; boca seca; confusão mental; congestão nasal; constipação; depressão; desconforto abdominal; dificuldade de engolir; diminuição de suores; diminuição dos batimentos cardíacos; dor de cabeça; excitação; febre; inqueitação; irritabilidade; leve aumento da frequência do pulso; náusea; palpitação; parada da lactação; problemas urinários; pupilas dilatadas; queda de pressão ao se levantar; sedação; sensibilidade ocular à luz; sonolência; tontura; urticária; vermelhidão na pele; visão borrada; vômito.

Exemplos de Medicamentos Comerciais

Hixzine , Prurizin, Buscopan, Bentil

Antibiótico

Conceito

Substância produzida por diversas espécies de microorganismos (bactérias, fungos, actinomicetes) que impede o crescimento de outros microorganismos, podendo eventualmente destruí-los. Todavia, pelo uso comum, estende-se o termo antibiótico para incluir agentes anti-bacterianos sintéticos como as sulfonamidas e as quinolonas.

Substância Ativa Estudada

AMOXICILINA

Indicação

Amigdalite; endocardite bacteriana (prevenção); gonorréia; infecção da pele e dos tecidos moles; infecção odontogênica; infecção respiratória (trato respiratório baixo); infecção urinária; otite média; sinusite; infecção por Chlamydia em grávidas; doença de Lyme; gastrite ou úlcera péptica por Helicobacter pylori.

Contra Indicação

Alergia à penicilina ou à cefalosporina.

Efeitos Colaterais

Agitação; alterações no sangue; ansiedade; candidíase oral; choque anafilático; diarréia; erupção na pele; insônia; lesão na boca; náusea; problema no fígado; proliferação de fungos; tontura; urticária; vertigem; vômito.

Exemplos de Medicamentos Comerciais

Amoxil, Velamox , Azy

Anti-Inflamatório

Conceito

Os antiinflamatórios não esteróides, de um modo geral, inibem a atividade da enzima ciclo-oxigenase (COX), levando a uma diminuição da síntese de prostaglandinas. Parte da ação antiinflamatória é justificada por essa diminuição das prostaglandinas nos tecidos inflamados; a ação analgésica também se deve em parte a essa diminuição da atividade das prostaglandinas; a ação antitérmica por ação central no centro hipotalâmico de regulação do calor; as ações anti-reumática e antigotosa por mecanismos antiinflamatórios e analgésicos (não há estimulação do eixo hipófise-supra-renal e nem ação corretora da hiperuricemia).

Substância Ativa Estudada

ACECLOFENACO

Indicação

Inflamação; dor pós-cirúrgica; periartrite escápulo-umeral; reumatismo extra-articular; artrite reumatóide; osteoartrite (artrose); espondilite anquilosante.

Contra Indicação

História de reação alérgica grave induzida por aspirina (ácido acetilsalicílico) ou outro antiinflamatório não esteróide ou pólipos nasais associados com broncoespasmo (estreitamento dos brônquios) induzidos por aspirina (risco de reação alérgica grave).

Efeitos Colaterais

Acessos de calor; alterações do sono; alterações no paladar; alterações visuais; aumento de peso; cãibras nas pernas; chiado no peito; coceira; depressão; dor abdominal; dor de cabeça; duodenite; fadiga; falta de ar; gastrite; hemorragia gastrintestinal; inchaço no corpo; inchaço no rosto; má digestão; reações alérgicas; retenção de líquidos.

Exemplos de Medicamentos Comerciais

Proflan , Voltarem , Cataflan

Hipoglicemantes

Conceito

Substancia que inibe enzimas intestinais responsáveis pela digestão de carboidratos, retardando a digestão de carboidratos após refeição. Assim, diminuem os picos de glicose, insulina e triglicérides após refeição.

Substância Ativa Estudada

ACARBOSE

Indicação

Diabetes tipo 2 (como adjunto à dieta); [diabetes mellitus não insulino-dependente].

Contra Indicação

Cetoacidose diabética; cirrose do fígado (pode haver aumento das transaminases); doenças intestinais crônicas com problemas de absorção ou digestão; doença inflamatória ou ulcerativa intestinal; obstrução intestinal ou predisposição a obstrução; pacientes cuja condição possa se agravar por acúmulo de gases intestinais.

Efeitos Colaterais

Aumento das transaminases; coceira; desconforto abdominal; diarréia; erupção na pele; gases intestinais; sintomas sugestivos de hipoglicemia.

Exemplos de Medicamentos Comerciais

Dimefor , Glifage , Glucoformin ,. Glucobay.

Conclusão

Considerando-se que a palavra fármaco é definida no seu sentido amplo como qualquer agente químico que afeta os processos da vida, a farmacologia trata-se de uma disciplina complexa.

Porem bem mais complexa é a relação da industria farmacêutica com nós cidadãos , visto que em muitos casos a enfermidade do paciente é conseqüência de falta de cuidados como a prevenção . Se ao invés do governo gastar milhões em compra de medicamentos , investisse na prevenção as doenças o gasto seriam muito menor , e porque não fazem isso ? . Com certeza existe muito mais interesses por detrás desta questão.

Bibliografia:

Apostila de Fundamentos de Enfermagem II – Escola de enfermagem Santa Bárbara Ano 2003

http://www2.uol.com.br/remedios/

http://www.universal.pt/scripts/site/intro.exe

http://www.geocities.com/basile_farmacologia/

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here