Instalações Eletricas em Condomínios



A manutenção elétrica em condomínios engloba inúmeros sistemas e equipamentos, são eles: Grupos-geradores; casas de força em alta tensão; instalações elétricas de baixa tensão, sistemas de aterramento e de proteção de estruturas contra descargas atmosféricas, motores elétricos, e painéis de comando.

Um condomínio para ter uma instalação elétrica segura, econômica e confortável, precisa de uma gestão energética que busque soluções inteligentes, e com relação custo-benefício balanceada. Com este objetivo, revisões periódicas, instalação de equipamentos para maior economicidade, políticas educativas para funcionários e moradores, são ações imprescindíveis à administração condominial.

O trabalho de um profissional qualificado na área de eletrotécnica é crucial para uma manutenção e gestão energética competentes. O profissional em eletricidade deve, desta forma, respaldar todo e qualquer serviço nas normas técnicas vigentes, com vistas a realizar o trabalho com segurança e qualidade. São diversas normas técnicas imprescindíveis na manutenção elétrica condominial, dentre as quais destacamos:

NBR 5410 - Instalações elétricas de baixa tensão
NBR 5419 - Proteção de estruturas contra descargas atmosféricas
NBR 5413 - Iluminância de interiores
NBR 14039 - Instalações elétricas de média tensão (condomínios com subestação abrigada)
NBR 10576 - Acompanhamento de óleo mineral em equipamentos elétricos (condomínios com subestação abrigada)

Em relação à economia de energia destacamos as políticas educativas para funcionários e moradores que visam a conscientização, e também a instalação de equipamentos como, por exemplo, sensores de presença. Confira na seção sensores de presença, um estudo mostrando o quanto se pode economizar com a instalação deste acessório. As revisões periódicas também contribuem bastante para a questão da economia. Vejamos abaixo um exemplo de revisão em condomínios:

# Revisão em quadros elétricos - reapertos, limpeza interna, identificação, inspeção nas conexões, medições de temperatura
# Inspeção em busca de ligações clandestinas
# Revisão em pára-raio e aterramento
# Revisão nos pontos de força - tomadas comuns e específicas; ligações de motores elétricos
# Inspeção em grupo-gerador
# Inspeção em casa de força
# Emissão de relatório técnico
As ligações clandestinas de energia são um problema que infelizmente ainda afetam diversos condomínios. Tais ligações são práticas irresponsáveis por parte de um ou mais moradores, que furtam energia do prórprio condomíno ou até mesmo de outros moradores, pondo em risco a segurança do sistema elétrico da edificação. Diferentemente das ligações clandestinas em residências, que tentam burlar os medidores da concessionária de energia, as ligações clandestinas de energia em condomínios aproveitam-se do fato das ligações elétricas comuns morador/condomínio ou morador/morador para furtar energia ou de outro condômino ou do próprio condomínio. Como estas ligações não afetam a concessionária de energia, pois ocorrem após a medição, dificilmente haverá alguma inspeção neste sentido. Neste caso o condomínio precisa contratar um profissional qualificado para a realização da inspeção.

Destacamos também o relatório técnico, pois é ferramenta importante para a administração condominal, no sentido de identificar problemas, apresentar resultados e formalizar o respaldo técnico sobre as condições das instalações elétricas.

VEJA TAMBÉM EM TRABALHOS ESCOLARES
Contribua e ajude o site a se manter sempre online. Divulgue para seus amigos. Obrigado

FONTES DE ENERGIA RENOVAVÉIS: ALTERNATIVAS DO MEIO AMBIENTE

ENERGIA EÓLICA

ENERGIA DO FUTURO: CÉLULAS DE COMBUSTÍVEL






Voltar para Engenharia