21.7 C
Sorocaba
terça-feira, dezembro 6, 2022

A IMPORTÂNCIA DA PONTUAÇÃO

A IMPORTÂNCIA DA PONTUAÇÃO

Recebi de um leitor um texto bastante conhecido, antigo, como exemplo de como a pontuação faz a diferença. A reprodução abaixo não é falta de assunto, mas uma forma de compartilhar com os leitores mais jovens as coisas antigas e boas que estão na internet.

Um homem rico estava muito doente, pediu papel e caneta, e assim escreveu:

“Deixo meus bens à minha irmã não a meu sobrinho jamais será paga a conta do alfaiate nada aos pobres”.
Morreu antes de fazer a pontuação. Para quem ele deixava a fortuna?

Eram quatro concorrentes. O sobrinho fez a seguinte pontuação:
“Deixo meus bens à minha irmã? Não, a meu sobrinho.
Jamais será paga a conta do alfaiate. Nada aos pobres”

A irmã chegou em seguida e pontuou assim, o escrito:
“Deixo meus bens à minha irmã, não a meu sobrinho.
Jamais será paga a conta do alfaiate. Nada aos pobres.”

O alfaiate pediu cópia do original e puxou a brasa pra sardinha dele:
“Deixo meus bens à minha irmã? Não! Ao meu sobrinho
jamais! Será paga a conta do alfaiate.
Nada aos pobres.”

Aí, chegaram os descamisados da cidade. Um deles, sabido, fez esta interpretação:
“Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho jamais! Será paga a conta do alfaiate? Nada! Aos pobres.”

MORAL DA HISTÓRIA
Pior de tudo é saber que ainda tem gente que acha que uma vírgula não faz a menor diferença!

Outros trabalhos relacionados

IMPERATIVO

É o modo verbal que indica ordem, convite, pedido. - Imperativo afirmativo: Não possui a 1º pessoa do singular. A 2º pessoa do singular e...

VÍCIOS DA LINGUAGEM

Uma coisa é bonita porque nós temos um padrão de beleza: uma coisa é falsa porque temos um padrão de verdade e essa discorda...

HUMANISMO

1) Definir Humanismo. R: A poesia conhece um período de decadência nos anos de 1400, estando toda a produção poética do período ligada ao Cancioneiro...

CONCORDÂNCIA

“Cabe dez”... “falta vinte”... “sobrou trinta”... “as mina”... “teus cabelo é da hora”... “eu quero vinte pão”... “isso custa cinco real”... Não é novidade para...