23 C
Sorocaba
quinta-feira, maio 16, 2024

Cartas Portuguesas – Mariana Alcofarado

Cartas Portuguesas – Mariana Alcofarado

As Cartas Portuguesas consistem em cinco curtas cartas de amor. Publicadas em sua tradução francesa em 1669, são supostamente as cartas de amor de uma freira portuguesa a um oficial francês. Nelas transparece um amor incondicional e exacerbado da jovem Mariana, que diz sofrer horrores com a distância do amado. Aos poucos as cartas vão perdendo o tom de esperança numa reunião, que já era mínimo, e vão se tornando pedidos incessantes de notícias e correspondência equivalente. A solidão de Mariana, seu sentimento de repressão, e sua vontade de reter o amado ao seu lado são constantes. Ao que parece o oficial, chamado DeChamilly, não correspondia igualmente: Mariana pede respostas maiores, mais afetuosas. Este amor total de Mariana Alcoforado é impregnado de todos os sentimentos que a transformariam numa autora romântica, mas sua pequena obra encontra-se entre autores barrocos meramente por esse ser o estilo da época em que vivia.

Outros trabalhos relacionados

TRÊS GÊNIOS DE SECRETARIA – LIMA BARRETO

Três Gênios de Secretaria - Lima Barreto O meu amigo Augusto Machado, de quem acabo de publicar uma pequena brochura aliteratada - Vida e Morte...

SÃO BERNARDO – GRACILIANO RAMOS

São Bernardo - Graciliano Ramos Este é, sem dúvida, um dos romances mais densos da literatura brasileira. Uma das obras-primas de Graciliano , é narrado...

VIAGEM – VAGA MÚSICA – CECÍLIA MEIRELES

Viagem / Vaga música -Cecília Meireles Livros inaugurais da maioridade poética de Cecília Meireles, Viagem e Vaga música, publicados respectivamente em 1936 e 1942, inscrevem-se...

O Fiel e a Pedra – Osman Lins

O Fiel e a Pedra - Osman Lins A narrativa compõe-se de pequeninos gestos e detalhes que vão formando a atmosfera moral, em que se...