Todo filhotinho mordisca. Coisa relacionada ao nascimento dos dentes, ‘experimentar’ o mundo a sua volta, etc.
Mas uma mordida na mão pode ser bem dolorida, mesmo quando sabemos que o filhote não tem culpa, apenas não aprendeu ainda qual a própria força.
Quando o filhote insiste em te morder, pressione o dedão (mas não exagere na força! Não é para machucar.) na língua do danadinho até ele empurrar o dedo com a língua ou dar uma choradinha.
E não esqueça de falar um “não” bem firme quando apertar a língua. Falar, não gritar.

Fonte:
Claudia Pizzolatto
Treinadora e Especialista em Comportamento Canino
www.lordcao.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui