17 C
Sorocaba
quinta-feira, maio 23, 2024

Inocência – Visconde de Taunay

Inocência – Visconde de Taunay

Uma obra de transição para o Naturalismo. A história conta sobre Cirino, um falso médico que errava pelo sertão e acaba na casa de Pereira, um sertanejo machista e ignorante. Ele cura a filha deste, Inocência, de malária e apaixona-se. Aparece depois Meyer, um entomólogo alemão que, após inocentemente elogiar a beleza de Inocência, passa a ser vigiado incessantemente por Pereira. Ele fica por lá por recomendações do irmão de Pereira e sai mais tarde de volta a Saxônia para apresentar uma nova espécie de rara beleza que encontrou, ao qual dá o nome de Papilio Innocentia. Cirino sofre porque Inocência é prometida e depois se encontra castamente com ela algumas vezes. Ela lhe pede que fale com seu padrinho para que por eles interceda. Enquanto Cirino está fora ela e Manecão, seu noivo, se encontram e ela se recusa a viver com ele. A suposta desonra leva Manecão a matar Cirino, que morrendo encontra o padrinho de Inocência que vinha lhe ajudar. Esta obra pode ser considerada de transição para o Naturalismo por causa de uma grande e infalível característica: o homem é produto do meio.

Outros trabalhos relacionados

ESAÚ E JACÓ – Machado de Assis

ESAÚ E JACÓ - Machado de Assis Publicado em 1904, Esaú e Jacó é o penúltimo romance de Machado de Assis. O título é extraído da...

Histórias sem Data – Machado de Assis

Histórias sem Data - Machado de Assis A Igreja do Diabo (publicado no livro Histórias sem Data) é uma nova idéia do diabo: fundar uma...

RESENHA: O MUNDO DE SOFIA

O MUNDO DE SOFIA A FILOSOFIA A Filosofia antiga ou contemporânea ajuda a definir a visão do mundo de um povo, de uma civilização ou...

Em Busca de Curitiba Perdida – Dalton Trevisan

Em Busca de Curitiba Perdida - Dalton Trevisan Em Busca de Curitiba Perdida é uma coletânea com 23 textos de Dalton Trevisan, que dão uma...