21.6 C
Sorocaba
quinta-feira, maio 23, 2024

O Uruguai – Basílio da Gama

O Uruguai – Basílio da Gama

Em O Uruguai Basílio da Gama faz algumas inovações: usa versos decassílabos brancos e um tema contemporâneo para um poema épico feito por dois motivos: exaltar o Marquês de Pombal e sua política, e criticar os jesuítas. No poema é narrada, apesar de ainda exaltar a natureza (que não chega a ser bucólica), a tomada de Sacramento pelos portugueses após o Tratado de Madri em 1750. No drama principal, além dos personagens jesuítas caricaturizados e do herói português que comandou a tomada, os índios Sepé (o famoso Sepé Tiaraju), Cacambo e Lindóia. Sepé morre logo no começo e depois o também guerreiro Cacambo morre. Lindóia, que era sua esposa, fica extremamente deprimida e deixa que uma cobra a pique.

Outros trabalhos relacionados

Lira dos Vinte Anos – Álvares de Azevedo

Lira dos Vinte Anos - Álvares de Azevedo Dividida em três partes, Lira dos Vinte Anos é um marco do chamado ultra-romantismo. A primeira parte...

O Cemitério dos Vivos – Lima Barreto

O Cemitério dos Vivos - Lima Barreto Do mesmo modo que o Diário íntimo, os originais de O cemitério dos vivos estão na Seção de...

Chalaça – José Roberto Torero

Chalaça - José Roberto Torero Chalaça = zombeteiro, gracejo, caçoada. Narrado em 1ª pessoa Esta obra constitui-se do caderno de anotações de Francisco Gomes da Silva, conselheiro...

Memorial de Aires – Machado de Assis

Memorial de Aires - Machado de Assis Memorial de Aires, última obra de Machado de Assis, foi publicada em 1908, mesmo ano da morte do...