19.2 C
Sorocaba
terça-feira, junho 18, 2024

SORRISOS MEIO SACANAS – SERGIO DA COSTA RAMOS

Sorrisos Meio Sacanas – Sergio da Costa Ramos

Estilo Jornalismo. Crônicas – piadas do cotidiano – regionalismos Enredo Relatos sobre o cotidiano selecionados de 1994 a 1996, sobre os mais diferentes temas, desde as armações políticas, as gafes de personagens conhecidos do grande público: o leitor, a dona de casa, o ministro, o presidente ou Mike Tyson são ironizados. Trecho Portuguesal = “Presidenciável já não corresponde à modernidade dos tempos. Acho presidenciário muito mais adequado. Já vem com uma vantagem: rima com presidiário. Preste Atenção Na distribuição feita em 6 blocos: Meio sacanas, Amargos, Da Desforra, Inútil, Ainda Cândidos, Nativos (Mané) e D’Além Mar.

Outros trabalhos relacionados

O Auto de São Lourenço – José de Anchieta

O Auto de São Lourenço - José de Anchieta É dividido em cinco atos. No primeiro apresenta-se o martírio de São Lourenço ao morrer queimado....

Dom Casmurro – Machado de Assis

Dom Casmurro - Machado de Assis Bento Santiago, um advogado de meia idade, vive sozinho numa boa casa, em bairro distante do centro do Rio...

200 CRÔNICAS ESCOLHIDAS – Rubem Braga

200 CRÔNICAS ESCOLHIDAS - Rubem Braga Com uma linguagem sensível e poética, Rubem Braga capta flagrantes da vida cotidiana que ele próprio viveu ou testemunhou....

Libertinagem – Manuel Bandeira

Libertinagem - Manuel Bandeira Os poemas de Bandeira nascem e crescem dos acontecimentos mais cotidianos, mais comuns, dos momentos que aparentemente sâo banais e insignificantes....