DICAS PARA ANALISAR, COMPREENDER, E INTERPRETAR TEXTOS

Autor: Joyce dos Santos Porcino

A fonoaudiologia atuando diretamente nesta área.

A amamentação é de fundamental importância para o recém-nascido. Além de estabelecer um vínculo entre mãe-filho, possui inúmeras vantagens.

O leite da mãe é um alimento completo, composto por proteínas, gorduras, carboidratos e células, contribuindo para o desenvolvimento e crescimento do bebê. Protege contra infecções intestinais, respiratórias, urinárias, otites, alergias alimentares e câncer. Além disso, independe da renda familiar, pois não custa nada.

O aleitamento materno estimula o desenvolvimento neuro-psicomotor e social, assim como desenvolve a estrutura facial e suas funções: mastigação, fala, alinhamento dos dentes e respiração.

A comunicação é de suma importância para os seres humanos. A fala é o modo mais freqüente na comunicação, mas para que ela ocorra os músculos envolvidos devem estar adequados. Quem se encarrega de preparar esses músculos para a fala é a amamentação materna, pois através da sucção, há um desenvolvimento muscular necessário para uma boa articulação. Portanto, a amamentação é um dos fatores responsáveis pela comunicação oral.

Uma vez que o fonoaudiólogo estuda os distúrbios da comunicação humana e as funções de sucção, deglutição, mastigação e respiração, atuando diretamente, diagnosticando e intervindo nas desordens dessas funções, é de fundamental importância sua atuação direta em programas de incentivo e assistência ao aleitamento materno, detectando e corrigindo erros de pega e sucção.

Uma pega incorreta da mama pelo bebê, ou uma sucção inadequada, podem levar a um desmame precoce.

Os benefícios da amamentação ainda são pouco divulgados, tanto quanto a importância desta como prevenção das alterações das funções de sucção, deglutição e respiração e conseqüentemente de patologias da comunicação, como por exemplo, a prevenção de distúrbios articulatórios, retardos de fala, otites médias crônicas, disfunção da mastigação, deglutição e respiração, instalação de hábitos orais inadequados (sucção de dedo, de língua, roer unha, etc…) e até alteração do crescimento facial e oclusão dentária.

DICAS PARA O SUCESSO NA AMAMENTAÇÃO

Pega da mama pelo bebê:

O queixo do bebê toca a mama;
Boca bem aberta;
Lábio inferior virado para fora;
Bochechas arredondadas ou achatadas contra a mama;
Vê-se pouca aréola;
Vê-se mais aréola acima da boca do bebê do que abaixo dela;
Durante a mamada, a mama parece arredondada;
Sucções lentas e profundas: o bebê suga, dá uma pausa e suga novamente;
A mãe pode ouvir o bebê deglutindo (engolindo).
Posicionamento:

O corpo do bebê próximo ao da mãe;
Corpo e cabeça do bebê alinhados;
Queixo do bebê tocando o peito;
Nádegas do bebê apoiadas;
A mãe deve segurar o bebê no colo com firmeza.
Existem várias posições para amamentar, o importante é que a posição seja a mais confortável para a mãe e para o bebê. Procure um ambiente tranqüilo para amamentar e aproveite este momento para conversar com seu bebê e toca-lo. Ele já é capaz de sentir e entender todo esse amor e carinho.

Aleitar é preciso…

COMPARTILHAR
Artigo anteriorAUDIÇÃO EM CRIANÇAS
Próximo artigoURINÁLISE

Marcelo é um profissional de Informática interessado em Internet, Programação PHP, Banco de Dados SQL Server e MySQL, Bootstrap, Wordpress. Nos tempos livres escreve nos sites trabalhosescolares.net sobre biografias, trabalhos escolares, provas para concursos e trabalhos escolares em geral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here