DICAS PARA ANALISAR, COMPREENDER, E INTERPRETAR TEXTOS

Autor: Norberto Carone Castro Junior

Células Epiteliais

– Escamosas: vagina, uretra feminina e masculina

– Transicionais: pelve, bexiga e porção superior da uretra

– Células dos túbulos renais ou globosas

Obs: Atenção para o significado da presença dessas células

Obs: Em grandes quantidades por campo, indica que há problemas

Cilindros

Origem: Túbulo contornado distal e coletor

São os únicos componentes renais !!!

Proteína de Tamm (glicoproteína) = Cilindros

Condições para o aparecimento: Baixo pH, grande qntidade de soluto, baixo fluxo urinário e causas desconhecidas.

Cilindros Hialinos ou Translúcidos

Composição: glicoproteína
Fisiológico: exercícios, desidratação, calor e estresse
Patológico: glomerulonefrite, pielonefrite, doença renal crônica e insuficiência cardíaca congestiva
Obs: No exame da fita, é indicado como Aumento de Proteína

Cilindros Hemáticos

É um cilindro hialino com hemáceas ao seu redor
Sangramento no interior do néfron
Associado a glomerulonefrite, lesões glomerulares, tubulares e capilares renais
Obs: No exame da fita, é indicado como Sangue Oculto

Cilindros Epiteliais

Células epiteliais que se grudam no cilindro hialino
Presentes qndo haver lesão tubular de células epiteliais
Aparecem facilmente na glomerulonefrite
Cilindros Leucocitários

Cilindros hialinos que contém leucócitos
Infecção ou inflamação no interior do néfron tais como: Pielonefrite e Glomerulonefrite
Geralmente ocorre concomitante c/ leucocitúria e mostra a necessidade de se realizar uma cultura de urina.
Cilindros Granulosos

Comum aparecerem 1 ou 2 por campo
São Finos e Grosseiros
Oriundos de desintegração de cilindros celulares que permanecem no túbulo devido à estase urinária
Grânulos: restos de leucócitos e bactérias
Obs: Recomenda-se fazer tb coleta para cultura

Cilindros Cereos

É o mais grave
Estágio avançado do cilindro hialino
Lesão Tubular Crônica é indicada
Possui uma “dobradinha” na cauda
Cilindros Gordurosos

Cilindros com Grânulos de Gordura
São produtos de degradação de cilindros tubulares
Ocorre na degeneração tubular, por exemplo, na D. melitus.
Cilindros de Bilirrubina

Aparecem nas lesões renais e hepáticas
Havendo pigmentos biliares e cilindros, haverá cilindros de bilirrubina
Doença: Leptospirose Icto-Hemorrágica, por exemplo,
Obs: Todo Cilindro é Problemático !!!!

Cilindróides

Formado na junção da alça de Henle e do Túbulo contornado distal
São afilados
São considerados cilindros
Possuem uma “caudinha” no seu final
Bactérias

A bexiga é estéril
A uretra é contaminada
Depende da coleta
Cictocentese e bactérias: infecção urinária
Fungos e Leveduras

São contaminantes em geral, ou seja, aparecem depois da coleta
Confundem-se com hemáceas, então fazer prova do ácido acético, que rompe a hemácea, mas não rompe o fungo
Parasitas

Dioctophime renale (é o único parasita do rim)
Capilária sp (passa da corrente circulatória)
Dirofilária sp (está na circulação e passa para a corrente circulatória)
Trichonomas sp (é vaginal)
Espermatozóides

Não tem significado clínico
Aparece qndo sondamos o macho ou fêmeas pós-copuladas
Qual o elemento químico que se altera ???? Proteína (pós-renal)
Muco

Sem significado clínico
Posso confundir com cilindro hialino
Cristais (é considerado normal até que não produza cálculos)

É muito freqüente
É formado com modificação de: pH; temperatura; concentração; dieta
Podem ser verdadeiros (possuem forma) ou amorfos (s/ forma)
Cristais normais em urina ácida:

Urato Amorfo
Urato de Sódio
Oxalato de Cálcio
Ácido Úrico
Cristais normais em urina alcalina:

Fosfato Triplo
Fosfato Amorfo
Fosfato de Cálcio
Fosfato Amoníaco Magnesiano (Estruvita)
Biurato de Amôneo
Carbonato de Cálcio
Cristais Anormais (Patológicos):

Cistina
Colesterol
Leucina
Tirosina
Sulfonamida
Ampicilina
Hemossiderina
Bilirrubina
Contrastes Radiográficos (Iodo, por exemplo)

COMPARTILHAR
Artigo anteriorAMAMENTAÇÃO
Próximo artigoTUBERCULOSE BOVINA
Marcelo é um profissional de Informática interessado em Internet, Programação PHP, Banco de Dados SQL Server e MySQL, Bootstrap, Wordpress. Nos tempos livres escreve nos sites trabalhosescolares.net sobre biografias, trabalhos escolares, provas para concursos e trabalhos escolares em geral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here