15.6 C
Sorocaba
quarta-feira, outubro 20, 2021

ANGINA

A Angina é um processo inflamatório da faringe.

Existem muitos tipos de angina. Umas são provocadas pelos germes que normalmente se encontram na boca, quando intervém qualquer factor que favorece a sua virulência e diminui o poder defensivo dos tecidos. Outras são provocadas por doenças infecciosas como o sarampo, a escarlatina ou a difteria, ou por doenças do sangue (agranulocitose, leucemias, anemias aplásticas, etc…).

Manifestam-se por dificuldades de deglutição, mal-estar geral, febre que tende a subir até se tornar muito elevada ou rubor das mucosas.

Distinguem-se várias formas, segundo o aspecto da lesão:

Quando há apenas rubor das mucosas, chama-se angina catarral;
nos casos de rubor a que se associa a deposição de exsudado esbranquiçado puntiforme nas amígdalas, denomina-se angina lacunar;
quando o exsudado se dispõe numa camada contínua, denomina-se angina pultácea;
quando existe destruição dos tecidos, chama-se angina ulcerativa, ou necrótica.
O tratamento varia conforme as formas apresentadas, mas recorre-se geralmente ao bismuto e, sobretudo, aos antibióticos.

Outros trabalhos relacionados

DOENÇAS PROVOCADAS POR ANIMAIS DOMÉSTICOS

Os animais domésticos podem transmitir ao Homem numerosos microorganismos e/ou parasitas capazes de provocar doenças. Às doenças dos animais vertebrados (quer domésticos, quer selvagens)...

Tuberculose

A tuberculose - também chamada em português de tísica pulmonar ou "doença do peito" - é uma das doenças infecciosas documentadas desde mais longa...

TUMORES DE EWING

Família de Tumores de Ewing: Sarcoma de Ewing e Tumores Neuroectodérmicos Primitivos Periféricos (Askin) Descrição A família de Tumores de Ewing compreende um espectro de neoplasias...

Acidente Vascular Cerebral

Autor: Luma Gomides de Souza INTRODUÇÃO O termo Acidente Vascular Cerebral, também conhecido como ‘derrame’, significa o comprometimento súbito da função cerebral por inúmeras alterações histopatológicas...