15 C
Sorocaba
quarta-feira, junho 19, 2024

ARTE DA GUERRA

A colonização do país foi feita primeiramente pelos Alemães e depois pelos Belgas, que privilegiaram os tutsi, povo predominantemente pastoreiro e de maior estatura, com cargos da administração estatal, treinamento militar e acesso exclusivo à educação, já que as escolas exigiam estatura mínima, impedindo assim o ingresso dos hutus. Em 1962, Ruanda tornou-se independente e os hutus assumiram o poder vingando-se dos tutsi, que eram a minoria, pelos anos de repressão, sofrida durante o domínio belga.

O conflito se intensificou em 1994 quando o presidente de Ruanda, de etnia hutu, foi morto em um atentado que derrubou o avisou onde viajava, para assinar um acordo de paz. Este foi o estopim para a guerra, já que os tutsi foram acusados de serem os causadores do ataque aéreo. Os hutus atacaram a população tutsi, que foi pega de surpresa, e sem chance de defesa. Conforme Sun Tzu “ataca onde quer que o inimigo esteja despreparado. Irrompe quando ele não te esperar”. Esta estratégia garante uma grande vantagem na guerra.

Uma das vítimas dessa história foi Paul Rusesabagina, gerente de hotel, que conseguiu salvar mais de mil pessoas. Antes mesmo de a guerra explodir, Paul já se preocupava em relacionar-se com pessoas influentes, as quais ele pudesse recorrer numa emergência. Concentrou-se em manter a salvo as pessoas que estavam no hotel Milles Collines, agindo como um general. Segundo Sun Tzu, “Ao levar em conta os fatores favoráveis, ele torna seu plano exeqüível ao levar em conta os fatores desfavoráveis, ele pode resolver as dificuldades”.

Arte da Guerra
Compre o Livro

Após a retirada dos estrangeiros do hotel, os tutsi foram entregues a sua própria sorte, podendo contar apenas com a união de todos e a liderança de Paul, que foi fundamental para a sobrevivência de todos que estavam no hotel.Conforme Sun Tzu, “Tendo considerado as vantagens de meus planos, o general deverá criar situações que contribuam para sua implementação. Por situações, entendo que ele deve agir eficientemente de acordo com as vantagens e, assim faze-las pender em seu favor”.

Apesar dos horrores dessa guerra, terem sido divulgados, nada foi feito de substancial pelas Organizações Unidas e/ou por outros países.

Os ruandeses foram simplesmente ignorados e deixados de lado, como se que o que aconteceu não tenha sido nada que mereça atenção.

Por outro lado, os ruandeses também entraram nessa guerra, levados pelo ódio e rancor, sem pensarem nas conseqüência de seus atos. Exatamente contrário ao que diz Sun Tzu “ As armas são instrumentos de mau agouro. A guerra é assunto ´serio, é de recear que os homens se devotem a ela sem a devida reflexão”.

Outros trabalhos relacionados

Romantismo

Autoria: Rodrigo Jaci Negreiros A definição do romantismo, principalmente nas artes plásticas, é bastante polêmica. Alguns acreditam que ele se estende desde meados do século...

Naturalismo

Autoria: Adriano Afonso Diniz Esse termo normalmente refere-se a trabalhos de arte baseados na observação dos objetos que representam e não em estilizações ou conceitos...

IMPRESSIONISMO

O nome Impressionismo, como tantos outros exemplos na História da Arte (o termo gótico ou maneirismo, por exemplo), inicialmente teve um cunho pejorativo. Foi...

Tarcila do Amaral

Autoria: Paulo Roberto de Souza Tarsila do Amaral (1886 - 1973) é uma das principais pintoras da arte brasileira moderna. Sua enorme importância parte principalmente...