terça-feira, maio 11, 2021

BOTULISMO

O botulismo é uma forma de intoxicação alimentar rara caracteriza se como uma doença de extrema gravidade de evolução aguda, causada por uma toxina produzida pela bactéria Clostridium botulinum, presente no solo e em alimentos contaminados e mal conservados. Essa intoxicação alimentar pode produzir danos graves nos nervos, músculos e provoca distúrbios digestivos.

MICROBIOLOGIA: BOTULISMO CLOSTRIDIUM BOTULINUM
Clostridium botulinum, um bacilo gram positivo anaeróbico que produz esporos resistentes e é encontrado no solo, nas fezes humanas e de animais e nos alimentos.

O botulismo apresenta elevada mortalidade e deve ser considerado uma emergência médica e de saúde pública. Para minimizar o risco de morte e sequelas, é essencial que o diagnóstico seja feito rapidamente e que o tratamento seja instituído precocemente por meio de medidas gerais de suporte em regime de urgência.
O Clostridium botulinum é um bacilo anaeróbico, que produz bactérias que sobrevivem até em ambientes com pouco oxigênio, como alimentos em conserva ou enlatados, e é encontrado no solo, em legumes, verduras, frutas, sedimentos aquáticos e fezes.
A bactéria causadora dessa condição pode entrar no organismo por meio de machucados ou pela ingestão de alimentos contaminados, tais como embutidos e conservas caseiras que não sofreram tratamento térmico adequado. Embalagens alimentares estufadas, amassadas ou danificadas devem ser descartadas, assim como as conservas caseiras, pois são mais propensas ao desenvolvimento de fungos e de bactérias que podem trazer danos ao organismo.

Botulismo

Há três formas de botulismo:

      Botulismo infantil ou botulismo de lactante

Botulismo alimentar

Botulismo das feridas

Todos os tipos de botulismo são fatais e são considerados emergências médicas.

BOTULISMO INFANTIL

Botulismo Infantil

Este é o tipo mais comum da doença e costuma acometer crianças de aproximadamente dois a seis meses de idade. Aqui, a bactéria causadora do botulismo multiplica-se e libera toxinas dentro do trato gastrointestinal do bebê e pode causar graves complicações à sua saúde. A principal causa de botulismo infantil é o consumo do mel antes de 1 ano de idade, pois nesta fase o bebê ainda não possui um sistema imunológico bem desenvolvido, ficando propenso às bactérias oportunistas.

BOTULISMO ALIMENTAR

Esse tipo de botulismo acomete por meio da ingestão de alimentos contaminados com a bactéria que geralmente se prolifera em ambientes com pouco oxigênio, como no caso de alimentos enlatados. Embora alimentos comerciais também possam causar essa intoxicação alimentar porque é na presença de umidade, de nutrientes e na ausência de oxigênio que a bactéria produz substâncias altamente tóxicas que resistem às enzimas digestivas do organismo. Os vegetais em conservas, os peixes defumado ou cru, as frutas e os condimentos são as fontes alimentares mais comuns. A carne bovina, os laticínios, a carne suína e de aves e outros alimentos também foram responsabilizados por casos de botulismo contaminados pela bactéria.

BOTULISMO DAS FERIDAS

As bactérias podem entrar no organismo por meio de lesões na pele, machucados e outras feridas, onde liberam as toxinas e levam a uma grave infecção.

Os sintomas do botulismo são:

      Tontura;

Boca seca;

Fotofobia;

Queda da pálpebra;

Dificuldade para fazer suas necessidades;

Paralisia muscular progressiva, que inicia na cabeça e depois vai descendo pelo corpo;

Dificuldade em engolir;

Visão dupla;

Dificuldade em respirar.

Estes sintomas podem iniciar de 3 horas a 7 dias após a contaminação com a bactéria.
O diagnóstico do botulismo é feito através do exame de sangue ou de fezes que mostram a presença na bactéria no organismo.
O tratamento para o botulismo é feito em meio hospitalar, com o soro anti-botulínico, para neutralizar a toxina circulante que ainda não se fixou e assim travar a progressão da doença. Por isso, o tratamento deve ser iniciado o mais rápido possível.
Durante o tratamento deve-se fazer uma lavagem estomacal e intestinal para garantir que não reste nenhum alimento contaminado no organismo do indivíduo, a fim de evitar maiores danos.
Se o tratamento para o botulismo não for iniciado prematuramente, o indivíduo poderá sofrer consequências graves, como paralisia dos membros e dos músculos respiratórios, que fará com que ele respire por aparelhos por um longo período.
Embora raro, o botulismo pode levar à invalidez ou morte

CONCLUSÃO

Levando em consideração os dados apresentados, bem como a importância do botulismo como um problema de saúde pública, é indispensável relatar que o maior perigo de contaminação está nos alimentos preparados de forma artesanal, especialmente em conservas caseiras, que são impropriamente manipuladas ou que sofreram tratamento térmico insuficiente para destruir os esporos botulínicos. Além disso, ficou evidente a importância do botulismo infantil, que, em alguns países, representa a maioria dos casos notificados. No entanto, este pode ser facilmente evitado através da conscientização da população quanto ao não-fornecimento de mel para crianças, normalmente as maiores vítimas.

Marcelo Cardoso
Marcelo é um profissional de Informática interessado em Internet, Programação PHP, Banco de Dados SQL Server e MySQL, Bootstrap, Wordpress. Nos tempos livres escreve nos sites trabalhosescolares.net sobre biografias, trabalhos escolares, provas para concursos e trabalhos escolares em geral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Most Popular

CORONAVÍRUS

Origem da Crise Econômica

Recent Comments

Nilson Ribeiro on O QUE É ENGENHARIA CIVIL?
PABLO DA SILVA BARBOZA on FILOSOFOS BRASILEIROS
Ligeirinho Resolve on Tese Globalização
Susana Mesquita on Tese Globalização
Cátia Regina de Aquino Santos on Tratamento Multiprofissional à Terceira Idade
Kesia Oliveira do Nascimento on SUBSTANTIVOS
Ludymila Helena Arraujo Lima on DEPRESSÃO
TIAGO NERY on FILOSOFOS BRASILEIROS
TIAGO NERY on FILOSOFOS BRASILEIROS
TIAGO NERY on FILOSOFOS BRASILEIROS
Fernando on FILOSOFOS BRASILEIROS
fernando monteiro on FILOSOFOS BRASILEIROS
fernando monteiro on FILOSOFOS BRASILEIROS
fernando monteiro on FILOSOFOS BRASILEIROS
Guilherme on Hidrocarbonetos
Ernani Júnior Silva on FILOSOFOS BRASILEIROS
Flavio Musa de Freitas Guimarães on FILOSOFOS BRASILEIROS
Flavio Musa de Freitas Guimarães on FILOSOFOS BRASILEIROS
Isabella on SUBSTANTIVOS
Anonimo on Adjetivos
ALVARO on SURDEZ SÚBITA
CARIMBO DA CONFUSÃO on FILOSOFOS BRASILEIROS
socorro andrade on DINÂMICA DO SORRISO
Alessandra Martins on RESUMO DO FILME FLORENCE NIGHTINGALE
Sibely on VIRUS E BACTÉRIAS
Paula on Sistema Nervoso
Samuel Delgado Pinheiro on FILOSOFOS BRASILEIROS
Jamal Mussa Muroto on DIVISÃO CELULAR
Guilherme on FILOSOFOS BRASILEIROS
Camila on SISTEMA DIGESTIVO
Hadouken on FILOSOFOS BRASILEIROS
Josimeire dos Angelos on RESUMO DO FILME FLORENCE NIGHTINGALE
ONEIDE abreu on REANIMAÇÃO CARDIOPULMONAR
José Caixeta Júnior on FILOSOFOS BRASILEIROS
GILVALDO DIAS GUERRA on COMO SURGIU O DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA
ronald on CONSCIÊNCIA NEGRA
SÉRGIO LEONARDO TRINDADE on FILOSOFOS BRASILEIROS
ELIZABETH on FILOSOFOS BRASILEIROS
ELIZABETH on FILOSOFOS BRASILEIROS
Reginaldo Coveiro on FILOSOFOS BRASILEIROS
julieny kettylen on Obesidade
gabrielle barreto de oliveira on DOENÇAS DO SISTEMA NERVOSO
suzana stvens on CORRUPÇÃO NO BRASIL
Kauã Liecheski on Tratamento do Lixo
Ligeirinho Resolve on OLIMPIADAS
Ligeirinho Resolve on A FUNÇÃO SOCIAL DA ESCRITA
kamilly on Jogos Olimpicos
Marcelo Cardoso on MILITÂNCIA JOVEM
Isabella on MILITÂNCIA JOVEM
Maria Conceição Amorim on A IDENTIDADE E CULTURA DA BAHIA
Maria Conceição Amorim on FOLCLORE BRASILEIRO
Emerson Davi on CORRUPÇÃO NO BRASIL
Maria dos Reis on COMO FAZER UM TRABALHO ESCOLAR