segunda-feira, janeiro 25, 2021

DIPLOPODES

Diplopodes

Nesta Classe estão os piolhos de cobra,conhecido também como embuá ou gongolo. Possuem dois pares de patas por segmento,são herbívoros e detritívoros,não possuindo forcípula.

São parecidos com os Quilópodes. O nome da classe vem do grego diplos:duplo e podos:pés ;
Os principais representantes dessa classe são os artrópodes que encontram com mais facilidade no dia-a-dia; por exemplo: formiga, barata, mosquito, borboleta, mosca, besouro, joaninha, abelha, gafanhoto, entre muitos outros.

Reprodução

Sua reprodução é sexuada.todos os tipos de diplópodes são ovíparos.O macho apresenta apêndices especializações na fecundação intern-gonópodes e os sexos são separados.
A fêmea coloca ovos num ‘ninho’ no solo e os crias.Passam por sete estádios larvares diferentes até atingirem a fase adulta ;

Sistema do organismo e seu funcionamento

Possuem o corpo cilíndrico,com um par de antenas,olhos simples,locomotoras por segmento (que podem variar de 20 a 100) dividido em toráx e abdomem. Eles não possuem nenhum tipo de ferão ou glandulos de veneno;Seu sistema respiratório e traquial.
Artros (articulação) são animais invertebrados porque possuem membros rigidos e articulares Podos (pés)
Em algumas espécies os olhos podem estar ausentes. As antenas possuem pêlos táteis. São animais herbivoros e detritívoros, isto é, se alimentam de detritos,
como matéria vegetal morta. Quando se sentem ameaçados, os diplópodes enrolam-se, fingindo-se de mortos.
Em outras situações, eliminam substâncias repelentes que afastam predadores

Habitat

Os diplopodes gostam de lugares escuros e terra úmida. Vivem embaixo de pedras e folhas mortas ou dentro de troncos de árvores apodrecidos. Assim como os quilópodes, eles procuram sombra e umidade.Quando atacados, enrolam-se e liberam uma secreção que afugenta os inimigos. Costumam viver escondidos da luz para evitar dessecação O piolho de cobra é inofensivo;Não costumam serem animais ágeis, pois se locomovem lentamente. Porém as pernas têm força suficiente para abrir caminhos no solo. Como não são ágeis, precisaram desenvolver mecanismos para sua defesa, como um esqueleto rígido e podem enrolar o corpo, como um espiral.
dentro de troncos apodrecidos, sob as pedras ou madeira acumulada, em forros de casas de madeira, etc.

Estruturas corporais

O tegumento destes animais está impregnado com sais de cálcio. Normalmente a superfície é lisa, mas alguns animais têm cristas, tubérculos, cerdas ou espinhos. A coloração da maioria dos diplópodes é preta e marrom, existindo representantes vermelhos, alaranjados e até machados. Não costumam serem animais ágeis, pois se locomovem lentamente. Porém as pernas têm força suficiente para abrir caminhos no solo. Como não são ágeis, precisaram desenvolver mecanismos para sua defesa, como um esqueleto rígido e podem enrolar o corpo, como um espiral. Algumas espécies possuem glândulas repugnatórias. A transferência de espermatozoides é indireta, havendo a presença de um espermatóforo, mas não em todas as espécies. Os ovos são depositados em ninhos e depois de alguns dias eclodem os jovens.
Algumas espécies têm partenogênese.

Nome: Embuá
Outro nome: piolho-de-cobra
Nome científico:lulus sabulosus cllindroiulus
Filo:Arthropoda
Classe: Diplopoda
Ordem: Juliformia
Familia:Julidae
São popularmente chamados mil-pés;

Características:

São animais herbívoros (Diferentemente dos Quilópodes) e detritívoros, isto é, se alimentam de detritos, como matéria vegetal morta. Quando se sentem ameaçados, os diplópodes enrolam-se, fingindo-se de mortos. Em outras situações, eliminam substâncias repelentes que afastam predadores, como o cianeto de hidrogênio. O corpo dos diplópodes é dividido somente em cabeça pequeno tórax e um longo abdome segmentado.
Possuem um corpo cilíndrico, com um par de antenas, olhos simples e dois pares de patas locomotoras por segmento (que podem variar de 20 a 100) e seu sistema respiratório é traqueal. Sua reprodução é sexuada. Todos os diplópodes são ovíparos.

Diferenças dos Diplopodes X Quilópodes

Os Diplopodes antigamente pertenciam à classe dos Miriápodes, junto com os Quilópodes, porém não são mais colocados juntos nessa classificação. As diferenças entre as duas novas classes são que Quilópodes tem forcípulas (que inoculam veneno), Diplopodes tem antenas; Quilópodes são carnívoros, Diplopodes são herbívoros; Diplopodes são cilíndricos,Quilópodes são achatados; Quilópodes tem 1 par de patas por segmento, Diplopodes tem 2 pares de patas por segmento.

Artigo anteriorARTROPODES
Próximo artigoCRUSTÁCEOS
Marcelo Cardoso
Marcelo é um profissional de Informática interessado em Internet, Programação PHP, Banco de Dados SQL Server e MySQL, Bootstrap, Wordpress. Nos tempos livres escreve nos sites trabalhosescolares.net sobre biografias, trabalhos escolares, provas para concursos e trabalhos escolares em geral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Most Popular

CORONAVÍRUS

Origem da Crise Econômica

Recent Comments

Nilson Ribeiro on O QUE É ENGENHARIA CIVIL?
PABLO DA SILVA BARBOZA on FILOSOFOS BRASILEIROS
Ligeirinho Resolve on Tese Globalização
Susana Mesquita on Tese Globalização
Cátia Regina de Aquino Santos on Tratamento Multiprofissional à Terceira Idade
Kesia Oliveira do Nascimento on SUBSTANTIVOS
Ludymila Helena Arraujo Lima on DEPRESSÃO
TIAGO NERY on FILOSOFOS BRASILEIROS
TIAGO NERY on FILOSOFOS BRASILEIROS
TIAGO NERY on FILOSOFOS BRASILEIROS
Fernando on FILOSOFOS BRASILEIROS
fernando monteiro on FILOSOFOS BRASILEIROS
fernando monteiro on FILOSOFOS BRASILEIROS
fernando monteiro on FILOSOFOS BRASILEIROS
Guilherme on Hidrocarbonetos
Ernani Júnior Silva on FILOSOFOS BRASILEIROS
Flavio Musa de Freitas Guimarães on FILOSOFOS BRASILEIROS
Flavio Musa de Freitas Guimarães on FILOSOFOS BRASILEIROS
Isabella on SUBSTANTIVOS
Anonimo on Adjetivos
ALVARO on SURDEZ SÚBITA
CARIMBO DA CONFUSÃO on FILOSOFOS BRASILEIROS
socorro andrade on DINÂMICA DO SORRISO
Alessandra Martins on RESUMO DO FILME FLORENCE NIGHTINGALE
Sibely on VIRUS E BACTÉRIAS
Paula on Sistema Nervoso
Samuel Delgado Pinheiro on FILOSOFOS BRASILEIROS
Jamal Mussa Muroto on DIVISÃO CELULAR
Guilherme on FILOSOFOS BRASILEIROS
Camila on SISTEMA DIGESTIVO
Hadouken on FILOSOFOS BRASILEIROS
Josimeire dos Angelos on RESUMO DO FILME FLORENCE NIGHTINGALE
ONEIDE abreu on REANIMAÇÃO CARDIOPULMONAR
José Caixeta Júnior on FILOSOFOS BRASILEIROS
GILVALDO DIAS GUERRA on COMO SURGIU O DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA
ronald on CONSCIÊNCIA NEGRA
SÉRGIO LEONARDO TRINDADE on FILOSOFOS BRASILEIROS
ELIZABETH on FILOSOFOS BRASILEIROS
ELIZABETH on FILOSOFOS BRASILEIROS
Reginaldo Coveiro on FILOSOFOS BRASILEIROS
julieny kettylen on Obesidade
gabrielle barreto de oliveira on DOENÇAS DO SISTEMA NERVOSO
suzana stvens on CORRUPÇÃO NO BRASIL
Kauã Liecheski on Tratamento do Lixo
Ligeirinho Resolve on OLIMPIADAS
Ligeirinho Resolve on A FUNÇÃO SOCIAL DA ESCRITA
kamilly on Jogos Olimpicos
Marcelo Cardoso on MILITÂNCIA JOVEM
Isabella on MILITÂNCIA JOVEM
Maria Conceição Amorim on A IDENTIDADE E CULTURA DA BAHIA
Maria Conceição Amorim on FOLCLORE BRASILEIRO
Emerson Davi on CORRUPÇÃO NO BRASIL
Maria dos Reis on COMO FAZER UM TRABALHO ESCOLAR