21.4 C
Sorocaba
sexta-feira, janeiro 27, 2023

Modalidades nas Antigas Olimpíadas

Autoria: Luiz H. Benedetti Peña

O desenvolvimento físico era tão importante para o homem helênico quanto a formação intelectual. Levar essas características para as festas locais e as competições oficiais era a oportunidade para o cidadão mostrar seu valor.

Local de treinamento: dois prédios eram dedicados ao treinamento dos atletas:
A palaistra, onde o jovem grego recebia sua formação formal, inclusive a preparação física, e o ginásio, usado por amadores e profissionais para aprimorar a técnica esportiva. Em ambos os prédios, era comum encontrar músicos que acompanhavam os treinamentos.

Disco
O balanceio usado era parecido como visto hoje. O desempenho era marcado por pequenas estacas de madeira chamadas Sématas e a distancia era medida com uma haste. Um famoso atleta grego, Fáulus, teria arremessado o disco, feito de bronze, a noventa e cinco metros – o recorde olímpico atual é noventa metros e quarenta centímetros.

Corrida
Havia seis modalidades que exigiam físicos distintos:
Stádion (200 metros), Díaulus (400 metros), Híppios (800 metros), Dólikhos (2000metros), Hoplítes Drómus (com armas) e LAMPADEDROMÍA (com tochas). Exercícios aeróbicos como a natação, eram praticados pelos atletas para aumentar a capacidade cardiorespiratória.

Dardo
Os atletas usavam uma lança de madeira com uma ponta de metal, a qual deveria ser mais leve do que usada na guerra e na caça. Uma correia de couro era atada no centro de gravidade do dardo para que o atleta inserisse um ou dois dedos e adquirisse mais estabilidade e velocidade no lançamento.

Salto
Mesmo nas competições, os atletas usavam halteres(peso) para ganhar impulso. Quando começava a cair, o saltador lançava as mãos para traz e usava os halteres para impelir o corpo para frente. A música de flauta ajudava o competidor a incorporar harmonia e ritmo nos movimentos.

Lutas
Era um dos esportes que mais exigiam dos atletas, pois pedia força, agilidade e habilidade. Havia quatro modalidades: a luta em pé, a de chão, o pugilato, e o pancrácio, que era uma mistura das anteriores. Os pugilistas cobriam as mãos com himántes, tiras de couro usadas para firmar a articulação do pulso em estabilizar os dedos.

Pesos
O levantamento de peso não fazia parte das competições oficias e era empregado principalmente no treinamento dos atletas de modalidades que exigiam força; os exercícios eram planejados pelos pedótribas, treinadores preliminares e pelos gimnastés,que trabalhavam.

Outros trabalhos relacionados

Ed. Física Como Meio de Vida

Autoria: Thomaz Matera “A busca de um padrão biológico, fisiológico, de qualidade de vida orgânica superior é secundarizada e essa tendência é geralmente explicada por...

Futsal 2

Autoria: Rafael Ribeiro Pedretti História No Brasil, o Futsal tem duas versões sobre o seu surgimento: há uma versão que diz que o Futebol de Salão...

Capoeira

Autoria: Márcio Rodrigo Mota Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a Capoeira é uma arte marcial genuinamente brasileira. Segundo a maioria dos estudiosos, ela...

Judô

Autoria: Nami Seixas Introdução Básica e Fundamentos do Judô Essa brilhante arte que é o Judô foi criada por um homem chamado Jigoro Kano, que nascera...