21 C
Sorocaba
quinta-feira, junho 13, 2024

USINA – JOSÉ LINS DO REGO

Usina – José Lins do Rego

A história do Moleque Ricardo a partir de sua prisão com os companheiros grevistas em Fernando de Noronha, o qual retorna ao engenho. Com pouco mais estariam no velho Santa Rosa, que Ricardo deixara há oito anos, fugido como de um presídio, de uma ilha de trabalhos. Fugira de lá para não ser um alugado e fora pior que isso. Tivera dores que os alugados não sofriam nunca. Na segunda parte do livro , começa propriamente Usina Narra os acontecimentos que envolvem Santa Rosa depois que Carlos Melo, fugindo dos problemas que envolviam o engenho , entrega o seu patrimônio aos parentes. O Santa Rosa transforma-se na usina Bom Jesus. O Dr. Juca sonha com o prestígio. Negociando com Zé Marreira, proprietário da Fazenda São Felix, na figura do Dr. Luiz, terminam por forçar a venda. A enchente do rio Paraíba, destruindo a antiga propriedade, simboliza o fim de um ciclo. O usineiro retira-se com a família no meio da destruição física dos seus domínios.

Outros trabalhos relacionados

TRÊS GÊNIOS DE SECRETARIA – LIMA BARRETO

Três Gênios de Secretaria - Lima Barreto O meu amigo Augusto Machado, de quem acabo de publicar uma pequena brochura aliteratada - Vida e Morte...

Contos Esquecidos – Machado de Assis

Contos Esquecidos - Machado de Assis 1 — Decadência do Dois Grandes Homens Argumento Miranda, que foi ao Rio de Janeiro tratar questões políticas com os ministros,...

UM COPO DE CÓLERA – RADUAN NASSAR

Um Copo de Cólera - Raduan Nassar Escrita em apenas 15 dias, no ano de 1978, Um copo de cólera é a novela essencial da...

O Sorriso do Lagarto – João Ubaldo Ribeiro

O Sorriso do Lagarto - João Ubaldo Ribeiro Estilo Contemporâneo - estilo que vai do erudito (cientificismo) ao coloquial (línguagem chula). Romance de tese: debate...