DINÂMICA DE EQUIPE – CHINELOS

0
4336
DICAS PARA ANALISAR, COMPREENDER, E INTERPRETAR TEXTOS

1. Objetivo:

Confeccionar a maior quantidade de chinelos com o material disponível, segundo o padrão de qualidade estabelecido pelo molde.

2. Material Para Cada Equipe:

02 vazadores

01 tesoura

01 estilete

01 molde do chinelo

01 placa de metal para apoio e corte

01 lâmina de emborrachado (EVA) com a mesma área para todas as equipes. Sugere-se (70 X 60) cm 2 .

01 contrato de trabalho

3. Procedimento:

O facilitador distribui a cada equipe o material e solicita que, em 5 minutos, cada equipe assine um contrato, no qual é definido o número de pares de chinelos que cada equipe se compromete a produzir.

Depois de acordada a quantidade, o facilitador marca 15 minutos para a produção dos pares de chinelos.

Faltando 2 minutos para a conclusão da tarefa, o moderador entrega saquinhos plásticos e lacres para que as sandálias sejam embaladas, avisando que o mercado só comprará as sandálias devidamente embaladas. O número de embalagens oferecida a cada equipe se dá segundo a quantidade de sandálias estabelecida por cada equipe. Assim, se uma equipe produzir mais do que havia estabelecido, não poderá vendê-las, pois não estarão embaladas. Isso poderá ser explorado como a falta ou excesso de provisão de recursos por falta de planejamento.

Finalizado o tempo, o facilitador se coloca como o mercado, avaliando a qualidade dos chinelos produzidos, aceitando somente aqueles que estiverem de acordo com os padrões estabelecidos pelo molde oferecido. Caso esteja sendo considerados os custos de produção, ele também considera o preço dos chinelos de cada equipe, comprando apenas os mais baratos e de boa qualidade. Compara a quantidade planejada com a quantidade produzida e com a quantidade aceita dentro dos padrões.

4. Desenvolvimento:

Esta dinâmica permite a exploração de conteúdos como:

• os conceitos de eficácia e eficiência; teoria dos contratos;

• os problemas pertinentes ao planejamento (o que é planejado muitas vezes é diferentes do executado, causas, conseqüências etc.);

• a qualidade;

• a formação de custos e de preços (Neste caso, o valor da lâmina de borracha precisa ser mensurado, assim como o de todos os instrumentos utilizados. O valor da mão-de-obra também poderá ser considerado, assim como a energia e aluguel, estes mensurados em função do tempo utilizado por cada equipe na produção de suas sandálias);

• processos de produção; fluxograma de produção; elaboração de protótipos;

• sistemas de produção (em células, produção em série, flexíveis etc.)

• relações humanas no trabalho;

• e muitos outros fatores que acabam sendo levantados pelo grupo.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorDINÂMICA DE COLABORAÇÃO EM EQUIPE
Próximo artigoDINÂMICA DE EQUIPE – BALAS E PIRULITOS
Marcelo é um profissional de Informática interessado em Internet, Programação PHP, Banco de Dados SQL Server e MySQL, Bootstrap, Wordpress. Nos tempos livres escreve nos sites trabalhosescolares.net sobre biografias, trabalhos escolares, provas para concursos e trabalhos escolares em geral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here