DICAS PARA ANALISAR, COMPREENDER, E INTERPRETAR TEXTOS

Cientistas norte-americanos do Laboratória Nacional lawrence Livermore, da Califórnia (EUA), e do Instituto Conjunto de Pesquisa Nuclear, de Dubna (Rússia) descobriram um novo elemento químico.

O que eles fizeram?

Os cientistas bombardearam átomos de califórnio (Cf) com íons de cálcio (Ca) para criar um novo elemento, o elemento 118, que segundo os pesquisadores é o elemento mais pesado que surgiu desde os experimentos já realizados deste gênero.

Os cientistas anunciaram no dia 16 de Outubro de 2006 a descoberta deste novo elemento químico superpesado e em suas experiências foram detectados apenas três átomos, com duração de frações de segundo, ao longo de alguns meses de experimentos.

Desde 1925 quando ocorreu a última descoberta de um elemento químico na natureza, que os cientistas tentam criar novos elementos ainda mais pesados em laboratório.

Histórico

O primeiro átomo do elemento 118, que foi batizado de ununócio, foi obtido em 2.002, segundo os cientistas. Outros dois surgiram em 2.005, numa segunda rodada de experiências, quando lançaram 10 elevado a 19 (10000000000000000000) íons de cálcio sobre o califórnio.

O primeiro átomo do elemento 118, segundo os cientistas, foi obtido em 2002. Outros dois surgiram em 2005, numa segunda rodada de experiências, quando foram lançados 10 elevado a 19 (o número 1 seguido por 19 zeros) íons de cálcio sobre o califórnio.

Os átomos do elemento 118, o ununócio, duraram 0,9 milsegundos.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorMisturas e Substâncias Puras
Próximo artigoOxalato de Cálcio
Marcelo é um profissional de Informática interessado em Internet, Programação PHP, Banco de Dados SQL Server e MySQL, Bootstrap, Wordpress. Nos tempos livres escreve nos sites trabalhosescolares.net sobre biografias, trabalhos escolares, provas para concursos e trabalhos escolares em geral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here