19.5 C
Sorocaba
sábado, junho 25, 2022

BANCO MUNDIAL

O Banco Mundial é um organismo internacional que ajuda governos de países em desenvolvimento a reduzir a pobreza e promover o desenvolvimento social e econômico. Isso se da por meio de empréstimos e experiência técnica para diversos projetos, como por exemplo: a construção de escolas, estradas, hospitais e auxiliam no desenvolvimento de projetos que ajudam a melhorar a qualidade de vida da população. Assim o Banco Mundial é uma das principais fontes de assistência para o desenvolvimento no mundo. Sua meta principal é ajudar as pessoas e países mais pobres. Por mais que seja conhecido como “banco mundial”, esta instituição pode ser vista como uma cooperativa que apóia seus membros.

Fundado em 1944 em Bretton Woods, sendo o trabalho de reconstrução permanece como um enfoque importante do Banco Mundial devido aos desastres naturais, emergências humanitárias e necessidades de reabilitação pós-conflitos, mas atualmente a principal meta do trabalho do Banco é a redução da pobreza no mundo em. Isso ocorre na forma de empréstimos que alcançam a cifra de US$30 bilhões anuais.

Por ser um organismo internacional multilateral, possui como “donos”, os governos de vários países, sendo composto por 183 países, inclusive o Brasil. O banco é parte do Sistema das Nações Unidas, e é constituído por cinco instituições estreitamente relacionadas sob uma única presidência, são elas: O BIRD (Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento), AID (Associação Internacional de Desenvolvimento), IFC (Corporação Financeira Internacional), AMGI (Agência Multilateral de Garantia de Investimentos), CIADI (Centro Internacional para Arbitragem de Disputas sobre Investimentos).

O BIRD tem como objetivo dentro do banco, fazer empréstimos aos países em desenvolvimento com média renda per capita, por exemplo, o Brasil.

A assistência da AID concentra-se nos países mais pobres, aos quais proporciona empréstimos sem juros e outros serviços. A AID depende das contribuições dos seus países membros mais ricos, inclusive alguns países em desenvolvimento como o Brasil, para levantar a maior parte dos seus recursos financeiros.

A IFC promove o crescimento no mundo em desenvolvimento mediante o financiamento de investimentos do setor privado e a prestação de assistência técnica e de assessoramento aos governos e empresas.

Já a AMGI ajuda a estimular investimentos estrangeiros nos países em desenvolvimento por meio de garantias a investidores estrangeiros contra prejuízos causados por riscos não comerciais Se ocorrer uma perda para o investidor causado por algum fator alheio aos riscos normais de investimentos o Banco mundial cobre esses prejuízos.

O CIADI proporciona instalações para a resolução, mediante conciliação ou arbitragem, de disputas referentes a investimentos entre investidores estrangeiros e os seus países anfitriões.

Os recursos do Banco Mundial podem ser entendidos da seguinte forma: No caso do BIRD e do IFC que fazem respectivamente empréstimos a paises em desenvolvimento e a empresas do setor privado, são emitidos títulos pelas instituições para financiamento destes empréstimos, estes títulos são comprados por diversos investidores privados e institucionais, que são originários principalmente de países desenvolvidos.

Quase todos os fundos do BIRD são levantados nos mercados de capitais do mundo. Quando os títulos possuem uma classificação AAA (a mais alta possível), o BIRD pode captar recursos em termos mais favoráveis e repassá-los aos mutuários com as mais baixas taxas de juros.

Ao final do ano fiscal, o Banco Mundial normalmente tem recursos excedentes. Tais recursos são oriundos das taxas de juros de alguns empréstimos efetuados, e de taxas cobradas por alguns de seus serviços.

Uma parte deste excedente é direcionada à AID, o restante do excedente é utilizado na redução de dívidas, reservas financeiras e para ajudar o Banco a responder a crises humanitárias inesperadas.

O máximo de empréstimos que um país pode tomar do Banco Mundial é de US$ 14,5 bilhões. Citamos como exemplo o Brasil, que é um dos países que mais toma empréstimos do Banco, cerca de US$1 bilhão a US$2 bilhões por ano.

Para fazer um empréstimo, com ou sem juros, o pais precisa cumprir certas metas impostas pelo Banco mundial. Essas metas e objetivos existem para que os paises procurem cada vez mais se desenvolverem e saírem da suas situações muitas vezes precárias.

O principal pedido do Banco se da na forma de o país ter que obrigatoriamente ter uma balança comercial favorável, ou seja, gastar menos do que arrecada. Isso é o mínimo esperado de um país que busca desenvolver-se, pois uma nação que gasta mais do que arrecada nunca ira deixar sua situação de pobreza.

Deve ficar claro que o Banco Mundial não obriga nenhum país a pegar empréstimos para se desenvolver. Se o Estado achar que não precisa desse dinheiro extra ele pode muito bem se desenvolver pelas suas próprias rendas. Nesse sentido é muito importante observar que existem várias outras instituições e Bancos que emprestam dinheiro aos paises, ninguém fica rendido a uma única opção de empréstimos do Banco Mundial, porem a maioria o faz em função de seus juros bem mais baixos que as instituições privadas.

A missão do Banco é ajudar os países em desenvolvimento e suas populações a atingir as metas. Para que estas sejam atingidas, o Banco se concentra em construir um ambiente para investimentos, empregos e crescimento sustentável, para que as economias cresçam, investindo e garantindo bem-estar aos pobres para que os mesmos participem do desenvolvimento.

Bibliografia:

CHOSSUDOVSKY, Michel. “A globalização da pobreza: impactos das reformas do FMI e do Banco Mundial”. São Paulo: Moderna, 1999. 320p.

COOKE, Bill. “O Gerenciamento do (terceiro) mundo. Revista de Administração de Empresas”, São Paulo, SP , v. 44, n. 3 , p. 62-75

PEARSON, Lester B. “Sócios no progresso”. São Paulo: APEC, 1971. 449 p.

http://www.obancomundial.org

Outros trabalhos relacionados

A COOPERAÇÃO TÉCNICA NO BRASIL

RESUMO A cooperação compactou-se no Brasil, como conceito e como prática política. Na linguagem diplomática e política, o termo “cooperação” manterá seu significado versátil com...

NARCOTRÁFICO NA AMÉRICA LATINA

Introdução A economia liberal é a força maior do desenvolvimento do mercado de drogas legais e ilegais. O consumo delas é "regulado" pela Lei de...

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DO COMÉRCIO – OMC 1/2

Prefácio A Organização Mundial do Comércio (OMC) é a organização internacional que tem por funções principais facilitar a aplicação das regras de comércio internacional já...

TIMOR LESTE: COTIDIANO DE ATROCIDADES

Situação Geográfica: O Timor Leste é uma nação situado numa pequena ilha ao norte da Austrália. Seu território tem 18899 km2, pouco superior ao...