30.6 C
Sorocaba
quinta-feira, outubro 14, 2021

Dia Nacional do Doador de Sangue – 25 de Novembro

Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue: entenda a importância de evidenciarmos essa causa nobre. O dia 25 de novembro é comemorado o Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue, que tem como objetivo evidenciar o valor social e humano desta causa nobre, estimular sua prática e reforçar a importância de aumentar o número de doadores. Sendo assim, é neste dia que surge um grande desafio: motivar pessoas a colaborarem voluntariamente.

Porque doar sangue é importante?

Quando doamos sangue, fornecemos um produto essencial para a sobrevivência de um indivíduo. Em algumas situações, a transfusão é inevitável, sendo, portanto, essencial que haja sangue em estoque, o qual é conseguido exclusivamente por doação.

Várias são as situações em que uma pessoa necessita de sangue. Entre as situações mais conhecidas, podemos citar as cirurgias de grande porte, transfusão para pacientes com doenças crônicas, como a doença falciforme e após acidentes graves.

Entenda quem doa para quem

O que fazer para doar sangue?

Um doador em potencial deve ter entre 18 e 65 anos, mais de 50 kg e bom estado de saúde, não podendo estar em jejum por mais de três horas. Antes do ato em si, o indivíduo deve se cadastrar e, depois, realizar um pequeno teste de anemia. Neste momento, sua temperatura e pressão também são medidas.

Menores de idade devem possuir autorização do responsável e pessoas entre 60 e 65 anos só podem doar se já forem doadores frequentes.

  • Pesar no mínimo 50 kg.
  • Estar bem alimentado, porém se a doação for feita após o almoço aguardar 2 horas.
  • Ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas.
  • Apresentar documento de identificação com foto emitido por órgão oficial.

Quanto tempo dura uma doação de sangue?

O procedimento de doação de sangue é relativamente rápido. Desde o cadastro e triagem clínica até a coleta de sangue, o processo dura em média 40 minutos, ou seja, menos de uma hora.

Como proceder após a doação de sangue

A doação de sangue é um processo rápido e bastante simples, entretanto, isso não significa que algumas precauções não devam ser tomadas. Veja, a seguir, as principais recomendações após a doação de sangue:

  • Faça um pequeno lanche após a doação;
  • Não realize grandes esforços físicos pelo menos nas 12 horas seguintes à doação;
  • Após a doação, aumente a ingestão de líquidos e evite bebidas alcoólicas por um período de 12 horas;
  • Nas duas horas após o procedimento, procure não fumar;
  • Espere pelo menos quatro horas para retirar o curativo do local da punção.

Outros trabalhos relacionados

Validação e Qualidade dos Cuidados de Enfermagem

Autoria: Rui Gonçalves INTRODUÇÃO Falar de ‘validação’ actualmente constitui uma emergência nos domínios do cuidar em enfermagem. Falar de validação é, sem dúvida alguma, arriscar uma...

CESARIANA X PARTO NORMAL 1/2

CURSO DE ENFERMAGEM UNIDADE DE DOURADOS ANIANDRA KAROL GONÇALVES FATORES DETERMINANTES PARA AS EXPECTATIVAS DE GESTANTES ACERCA DA VIA DE PARTO DOURADOS 2009 RESUMO A gravidez e o parto representam eventos...

VISÃO ATUAL DO ABUSO SEXUAL NA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA

Introdução Das estruturas familiares, segundo Lévi-Strauss, em Las estructuras elementales del parentesco (1), definem-se como relações de parentesco elementares a sangüínea, que acontece entre irmãos;...

Síndrome de Prader Willi – SPW

Autoria: Juliana Klart SÍNDROME DE PRADER WILLI PALMEIRA DOS ÍNDIOS/AL 2006/02 1 Introdução A síndrome de Prader Willi é uma doença de origem genética, com origem no cromossoma 15...