ESCALA DE MADDOX

0
4939

Escala de Maddox

O monitoramento da terapia intravenosa a pacientes internados é importantíssimo para a garantia de uma assistência de enfermagem adequada e eficaz. Esse monitoramento viabiliza toda a administração de medicação, hemocomponentes, ou outros fluidos, tais como dietas parenterais ou soroterapia.

A terapia intravenosa tem as seguintes finalidades: retirada de amostras de sangue, introdução de medicamentos, monitorização da PVC, transfusão de sangue e derivados, hidratação e correção de distúrbios eletrolíticos, introdução de nutrientes, introdução de contraste e drenagem de líquidos.

Para esse monitoramento, utilizamos a escala de Maddox para todas as punções venosas periféricas realizadas até a sua retirada.

O acompanhamento do acesso venoso periférico permite prevenirmos flebite e, na ocorrência da mesma, avaliar suas causas.

Abaixo segue a escala de Maddox e a avaliação dos graus de flebite para acompanhamento diário.

Intensidade: 0
Sinais e Sintomas:
– Sem queixas de desconforto
– Sem hiperemia
– Ausência de dor ao toque ou infusão.

Intensidade: 1+
Sinais e Sintomas:
– Dor no local, eritema ou edema
– Sem endurecimento
– Cordão fibroso NÃO palpável

Intensidade: 2+
Sinais e Sintomas:
– Dor no local, eritema ou edema
– Formação de endurecimento
– Cordão fibroso não palpável no trajeto da veia

Intensidade: 3+
Sinais e Sintomas:
– Dor no local, eritema ou edema
– Formação de endurecimento
– Cordão fibroso palpável no trajeto da veia

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui