terça-feira, junho 22, 2021

Jogos-Canções Divertidas

A primeira parte tem como propósito, através dos jogos-canções:

– Brincar
– Compreender
– Participar
– Compartilhar

Tudo feito de maneira que se possa desfrutar das atividades previstas; compreender e executar tarefas simples; compartilhar propostas lúdicas; desenvolver a psicomotricidade; enriquecer a oralidade; aguçar as percepções; perceber o ritmo e o equilíbrio; integrar o esquema corporal; trabalhar a lateralidade; potencializar distintas possibilidades expressivas; comparar, distinguir, discriminar; desenvolver a sensibilidade; reconhecer e valorizar o ambiente humano e natural para contribuir na construção de uma escala de valores que permitam consolidar princípios de boa convivência.

O brincar é uma atividade que representa uma poderosa ferramenta para estimular na criança o conhecimento, como motivador da curiosidade, a criatividade e a fantasia para propiciar relações humanas positivas, enriquecedoras e harmoniosas.

Citando o autor Vygotsky que enfatiza o fator social no brinquedo, demonstrando que, no jogo de papéis, a criança cria uma situação imaginária, incorporando elementos do contexto cultural adquirido por meio da interação e comunicação.

A criança, na brincadeira, experimenta papéis (re) construindo sua realidade, vivenciando sentimentos, comportamentos e fazendo representação do mundo exterior. Assim, o brinquedo constitui-se numa situação em que aspectos como a imitação de condutas sociais novas explorações e relacionamentos interpessoais tornam-se presentes.

A atividade lúdica é uma das formas pela qual a criança se apropria do mundo e pela qual o mundo humano penetra em seu processo de constituição, sendo importante no desenvolvimento de suas estruturas psicológicas. O jogo é considerado como um espaço aberto a experiências de aprendizagem de interação, de sociabilidade, de interpretação e representação de mundo, de criação e construção de significados, além de ser um recurso que oferece situações significativas aos participantes e promove ação, participação e desafios.

Nessa primeira parte os jogos, canções e atividades têm como objetivos incentivar a criatividade; desenvolver o equilíbrio corporal; educar a audição para perceber e diferenciar sons; desenvolver possibilidades motoras e habilidades manuais; reconhecer nomes, tamanhos e cores de frutas e verduras; comparar seus pesos (conceito de grande, médio, pequeno leve ou pesado); iniciar o conhecimento das vogais; melhorar capacidade de atenção; reforçar conceitos de posição no espaço (frente-atrás-acima-abaixo-ao lado-etc).

Segunda parte – Hora do conto com fundo musical

Através de histórias as crianças cantam, aprendem sobre os dentes, entre outras coisas, fazem dramatizações (monólogos dos animais, para gravar e fazer dublagem). Aprendem através de atividades de recorte, desenhos e colagens e através das histórias com fundo musical e dança.

Terceira parte – Cantigas de roda populares do Brasil

É importante valorizar as brincadeiras e brinquedos tradicionais como um símbolo de crescimento na árvore das fantasias infantis.

Cantigas que fazem à alegria da garotada, além movimentar o corpo de maneira sadia, fazendo mímicas, dançando e brincando, estimulam o brincar em grupo, o carinho e a amizade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Most Popular

CORONAVÍRUS

Origem da Crise Econômica

Recent Comments

Nilson Ribeiro on O QUE É ENGENHARIA CIVIL?
PABLO DA SILVA BARBOZA on FILOSOFOS BRASILEIROS
Ligeirinho Resolve on Tese Globalização
Susana Mesquita on Tese Globalização
Cátia Regina de Aquino Santos on Tratamento Multiprofissional à Terceira Idade
Kesia Oliveira do Nascimento on SUBSTANTIVOS
Ludymila Helena Arraujo Lima on DEPRESSÃO
TIAGO NERY on FILOSOFOS BRASILEIROS
TIAGO NERY on FILOSOFOS BRASILEIROS
TIAGO NERY on FILOSOFOS BRASILEIROS
Fernando on FILOSOFOS BRASILEIROS
fernando monteiro on FILOSOFOS BRASILEIROS
fernando monteiro on FILOSOFOS BRASILEIROS
fernando monteiro on FILOSOFOS BRASILEIROS
Guilherme on Hidrocarbonetos
Ernani Júnior Silva on FILOSOFOS BRASILEIROS
Flavio Musa de Freitas Guimarães on FILOSOFOS BRASILEIROS
Flavio Musa de Freitas Guimarães on FILOSOFOS BRASILEIROS
Isabella on SUBSTANTIVOS
Anonimo on Adjetivos
ALVARO on SURDEZ SÚBITA
CARIMBO DA CONFUSÃO on FILOSOFOS BRASILEIROS
socorro andrade on DINÂMICA DO SORRISO
Alessandra Martins on RESUMO DO FILME FLORENCE NIGHTINGALE
Sibely on VIRUS E BACTÉRIAS
Paula on Sistema Nervoso
Samuel Delgado Pinheiro on FILOSOFOS BRASILEIROS
Jamal Mussa Muroto on DIVISÃO CELULAR
Guilherme on FILOSOFOS BRASILEIROS
Camila on SISTEMA DIGESTIVO
Hadouken on FILOSOFOS BRASILEIROS
Josimeire dos Angelos on RESUMO DO FILME FLORENCE NIGHTINGALE
ONEIDE abreu on REANIMAÇÃO CARDIOPULMONAR
José Caixeta Júnior on FILOSOFOS BRASILEIROS
GILVALDO DIAS GUERRA on COMO SURGIU O DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA
ronald on CONSCIÊNCIA NEGRA
SÉRGIO LEONARDO TRINDADE on FILOSOFOS BRASILEIROS
ELIZABETH on FILOSOFOS BRASILEIROS
ELIZABETH on FILOSOFOS BRASILEIROS
Reginaldo Coveiro on FILOSOFOS BRASILEIROS
julieny kettylen on Obesidade
gabrielle barreto de oliveira on DOENÇAS DO SISTEMA NERVOSO
suzana stvens on CORRUPÇÃO NO BRASIL
Kauã Liecheski on Tratamento do Lixo
Ligeirinho Resolve on OLIMPIADAS
Ligeirinho Resolve on A FUNÇÃO SOCIAL DA ESCRITA
kamilly on Jogos Olimpicos
Marcelo Cardoso on MILITÂNCIA JOVEM
Isabella on MILITÂNCIA JOVEM
Maria Conceição Amorim on A IDENTIDADE E CULTURA DA BAHIA
Maria Conceição Amorim on FOLCLORE BRASILEIRO
Emerson Davi on CORRUPÇÃO NO BRASIL
Maria dos Reis on COMO FAZER UM TRABALHO ESCOLAR