terça-feira, junho 22, 2021
InícioCiências Sociais AplicadasCiências SociaisPROJETOS PARA FEIRA DE CIÊNCIAS - ABAJUR DE LAVA

PROJETOS PARA FEIRA DE CIÊNCIAS – ABAJUR DE LAVA

Material:

    • Um frasco ou um copo de vidro
    • Óleo vegetal
    • Sal
    • Água
    Corante de alimento (se você quiser)

Como Fazer:

1 – Coloque cerca de 7 cm de água no copo (meio copo de água).
2 – Coloque cerca de 1 dedo de óleo vegetal no frasco (ou copo). Quando tudo se assentou (ficou sem bolhas), o óleo ficou acima ou abaixo da água?
3 – Se quiser, adicione uma gota de corante de alimento (anilina) no copo. O que aconteceu? O corante ficou no óleo, foi para a água ou se espalhou nos dois?
4 – Usando um saleiro, jogue sal no topo enquanto conta, devagar, até 5 O que acontece com o corante? O que acontece com o sal?
5 – Adicione quanto sal quiser depois disso e veja o que acontece.

O que aconteceu?

Por que o óleo fica por cima da água?

O óleo “flutua” na água porque uma gota de óleo ele é mais leve que uma gota de água do mesmo tamanho. Uma outra forma de explicar isso seria dizer que a água é mais densa que o óleo. Densidade é uma medida de quanto pesa um certo volume de algo. As coisas menos densas que a água vão flutuar nela. As coisas mais densas que a água vão afundar nela.

Apesar de tanto o óleo quanto a água serem líquidos, eles são chamados pelos químicos de imiscíveis. Essa é uma palavra chique que quer dizer que eles não se misturam.

O que acontece quando eu coloco sal no óleo e na água?

o sal é mais pesado que a água e quando você coloca o sal no óleo, ele vai afundar, indo para o fundo da mistura, carregando uma gota de óleo com ele. Na água, o sal começa a se dissolver. Quando ele dissolve, o sal libera o óleo que volta para o topo da água.

Isso parece os abajures de lava. Como eles funcionam?

Como óleo e água, a “lava” nesses abajures não se mistura com o líquido que está à sua volta. Quando está fria, a “lava” é um pouco mais densa que o líquido. Quando a “lava” fica no fundo do abajur, a lâmpada esquenta e a “lava” expande um pouco. Quando ela expande, a “lava” mantém o mesmo peso mas ocupa um pouco mais de espaço – dessa forma, fica menos densa. Quando está suficientemente morna, a “lava” é menos densa que o líquido à sua volta e, dessa forma, sobe até o topo e flutua. Lá no topo, ela esfria, fica mais densa e afunda novamente. Esse ciclo se repete sem parar pois a “lava” aquece e sobe e, depois, esfria e afunda.

Você sabia?
Os abajures de lava foram inventados por um inglês chamado Craven Walker, em 1964. Eles eram, basicamente, jarras de vidro altas cheias de um líquido e um tipo especial de cera colorida, colocados acima de uma base contendo uma lâmpada. Quando a lâmpada está acesa, o líquido aquece e a cera começa a derreter. Bolas de cera sobem ao topo do abajur, onde esfriam, voltando para o fundo e assim por diante.

Marcelo Cardoso
Marcelo é um profissional de Informática interessado em Internet, Programação PHP, Banco de Dados SQL Server e MySQL, Bootstrap, Wordpress. Nos tempos livres escreve nos sites trabalhosescolares.net sobre biografias, trabalhos escolares, provas para concursos e trabalhos escolares em geral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Most Popular

CORONAVÍRUS

Origem da Crise Econômica

Recent Comments

Nilson Ribeiro on O QUE É ENGENHARIA CIVIL?
PABLO DA SILVA BARBOZA on FILOSOFOS BRASILEIROS
Ligeirinho Resolve on Tese Globalização
Susana Mesquita on Tese Globalização
Cátia Regina de Aquino Santos on Tratamento Multiprofissional à Terceira Idade
Kesia Oliveira do Nascimento on SUBSTANTIVOS
Ludymila Helena Arraujo Lima on DEPRESSÃO
TIAGO NERY on FILOSOFOS BRASILEIROS
TIAGO NERY on FILOSOFOS BRASILEIROS
TIAGO NERY on FILOSOFOS BRASILEIROS
Fernando on FILOSOFOS BRASILEIROS
fernando monteiro on FILOSOFOS BRASILEIROS
fernando monteiro on FILOSOFOS BRASILEIROS
fernando monteiro on FILOSOFOS BRASILEIROS
Guilherme on Hidrocarbonetos
Ernani Júnior Silva on FILOSOFOS BRASILEIROS
Flavio Musa de Freitas Guimarães on FILOSOFOS BRASILEIROS
Flavio Musa de Freitas Guimarães on FILOSOFOS BRASILEIROS
Isabella on SUBSTANTIVOS
Anonimo on Adjetivos
ALVARO on SURDEZ SÚBITA
CARIMBO DA CONFUSÃO on FILOSOFOS BRASILEIROS
socorro andrade on DINÂMICA DO SORRISO
Alessandra Martins on RESUMO DO FILME FLORENCE NIGHTINGALE
Sibely on VIRUS E BACTÉRIAS
Paula on Sistema Nervoso
Samuel Delgado Pinheiro on FILOSOFOS BRASILEIROS
Jamal Mussa Muroto on DIVISÃO CELULAR
Guilherme on FILOSOFOS BRASILEIROS
Camila on SISTEMA DIGESTIVO
Hadouken on FILOSOFOS BRASILEIROS
Josimeire dos Angelos on RESUMO DO FILME FLORENCE NIGHTINGALE
ONEIDE abreu on REANIMAÇÃO CARDIOPULMONAR
José Caixeta Júnior on FILOSOFOS BRASILEIROS
GILVALDO DIAS GUERRA on COMO SURGIU O DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA
ronald on CONSCIÊNCIA NEGRA
SÉRGIO LEONARDO TRINDADE on FILOSOFOS BRASILEIROS
ELIZABETH on FILOSOFOS BRASILEIROS
ELIZABETH on FILOSOFOS BRASILEIROS
Reginaldo Coveiro on FILOSOFOS BRASILEIROS
julieny kettylen on Obesidade
gabrielle barreto de oliveira on DOENÇAS DO SISTEMA NERVOSO
suzana stvens on CORRUPÇÃO NO BRASIL
Kauã Liecheski on Tratamento do Lixo
Ligeirinho Resolve on OLIMPIADAS
Ligeirinho Resolve on A FUNÇÃO SOCIAL DA ESCRITA
kamilly on Jogos Olimpicos
Marcelo Cardoso on MILITÂNCIA JOVEM
Isabella on MILITÂNCIA JOVEM
Maria Conceição Amorim on A IDENTIDADE E CULTURA DA BAHIA
Maria Conceição Amorim on FOLCLORE BRASILEIRO
Emerson Davi on CORRUPÇÃO NO BRASIL
Maria dos Reis on COMO FAZER UM TRABALHO ESCOLAR