27.7 C
Sorocaba
terça-feira, fevereiro 27, 2024

Trustes e Cartéis

Cartel

As empresas nem sempre apreciam o jogo da livre concorrência. Elas preferem, às vezes, cooperar entre si, combinando preços, restringindo a variedade de produtos e dividindo os mercados para manter suas receitas sempre estáveis.

Quando isso ocorre, está formado um cartel. Muito comum no Brasil entre postos de gasolina.

Cartel é uma forma de oligopólio em que empresas legalmente independentes, atuantes do mesmo setor, promovem acordos entre si para promover o domínio de determinada oferta de bens ou serviços. A forma mais conhecida de cartel é a fixação de preços iguais ou muito semelhantes entre as empresas envolvidas, minimizando as chances da concorrência leal. Por conflito de interesses e por regulação governamental, os cartéis são, geralmente, pouco duradouros. O consumidor é prejudicado com os cartéis, pois seu direito de escolha é restringido.

O setor onde esse tipo de prática é mais visto é o de combustíveis líquidos e obras públicas. O preço do combustível é aumentado em todos os postos com diferenças mínimas de preço e assim o consumidor não tem chances de ir em um posto com preço mais baixo.

Esse tipo de pratica é ilegal e é prevista multa para os praticantes.

Os cartéis se formam através de associações de empresas independentes, que por meio de acordos estabelecem o controle administrativo do mercado, determinando preços e definindo áreas de ação.

Associação entre empresas do mesmo ramo de produção com objetivo de dominar o mercado e disciplinar a concorrência. As partes entram em acordo sobre o preço, que é uniformizado geralmente em nível alto, e quotas de produção são fixadas para as empresas membro. No seu sentido pleno, os cartéis começaram na Alemanha no século XIX e tiveram seu apogeu no período entre as guerras mundiais. Os cartéis prejudicam a economia por impedir o acesso do consumidor à livre-concorrência e beneficiar empresas não-rentáveis. Tendem a durar pouco devido ao conflito de interesses.

Os cartéis distorcem as forças do mercado, conseguem mudar preços. alteram o equilíbrio dos mercados.

Um cartel consiste numa organização de empresas independentes entre si, que produzem o mesmo tipo de bens e que se associam para elevar os preços de venda e limitar a produção. Devido às limitações que provocam na concorrência e conseqüente ineficiências de mercado, este tipo de conluios são proibidos na maioria dos países em que vigora a economia de mercado.

Truste

Esse tipo de ação se configura com a imposição de certas posturas das grandes empresas sobre as concorrentes de menor expressão. As primeiras obrigam as segundas a adotarem políticas de preços semelhantes, caso contrário, podem baixar os preços além dos custos, por exemplo, e forçar uma quebra dos concorrentes. No Brasil, o controle antitruste é feito pela Lei nº 8.884/94.

No Brasil tivemos casos, mas não tão explícitos. Na alimentação por exemplo, a Danone é dona da Paulista, da Poços de Caldas. Já a Unilever é dona das marcas Cica, Arisco e agora temos a Nestlé querendo comprar a Garoto.

Truste é uma forma de oligopólio na qual as empresas envolvidas abrem mão de sua independência legal para constituir uma única organização, com o intuito de dominar determinada oferta de produtos e/ou serviços. Pode-se definir truste também como uma organização empresarial de grande poder de pressão no mercado.

Truste é a expressão utilizada para designar as empresas ou grupos que, sob uma mesma orientação, mas sem perder a autonomia, se reúnem com o objetivo de dominar o mercado e suprimir a livre concorrência.

A expressão é adaptação da expressão em inglês trust, que significa “confiança”.

Os trustes se formam quando grandes empresas incorporam seus concorrentes menores, assumindo o monopólio de determinado ramo de produção.

Reunião de empresas que perdem seu poder individual e o submetem ao controle de um conselho de trustes. Surge uma nova empresa com poder maior de influência sobre o mercado. Geralmente tais organizações formam monopólios.

Os trustes surgiram em 1882 nos EUA, e o temor de que adquirissem poder muito grande e impusessem monopólios muito extensos fez com que logo fossem adotadas leis antitrustes, como a Lei Sherman, aprovada pelos norte-americanos em 1890.

Os trustes, pela união de suas empresas, manipulam o mercado,como bem interessa às empresas que fazem parte.

Truste é definido como sendo um tipo de estrutura de mercado em que várias empresas, já detendo a maior parte de um mercado, combinam-se ou fundem-se para assegurar esse controle estabelecendo preços elevados que lhes garantam altas margens de lucro. Os trustes são proibidos por lei em muitos países.

Bibliografia

www.wikipedia.org.br

www.google.com.br

www.br.aswers.yahoo.com

www.desempregozero.org.br

www.traca.com.br

www.frigoletto.com.br

www.nogueirajr.blogspot.com

Outros trabalhos relacionados

Marketing de Relacionamento

Este estudo tem por objetivo principal identificar por meio de pesquisa descritiva de caráter quantitativo com clientes ativos e inativos da empresa Comércio e...

Síntese sobre Intra-Empreendedor e do Endomarketing

INTRODUÇÃO Venho apresentar uma síntese do texto oferecido, mostrando os principais pontos vistos, ou seja, mostrar de uma forma clara e objetiva quais as reais...

GOOGLE – EMPREENDEDORISMO DE SUCESSO

Criada a partir do trabalho de graduação dos jovens Larry Page e Sergey Brin na Universidade de Stanford, há pouco mais de dez anos,...

Marketing Convencional x Marketing Social

O conceito marketing surgiu por volta dos anos 70, serviu para poder descrever as técnicas do marketing usado para a promoção de uma causa,...