18.3 C
Sorocaba
quinta-feira, junho 13, 2024

IN – Índio

Autoria: Gutto Santos de Meneses

ÍNDIO (ELEMENTO QUÍMICO)

Elemento
 Nome: Índio
 Número Atómico: 49
 Símbolo Químico: In
 Configuração Electrónica: [Kr]4d105s25p1
 Abundância:
 Terra: 0.049 ppm
 Sistema Solar: 44.7 (rel. a [H]=1×1012)

O índio ( do latim indicum, índigo ou anil ) é um elemento químico de símbolo In de número atômico 49 ( 49 prótons e 49 elétrons ) e de massa atómica igual a 114,8 uma. À temperatura ambiente, o Índio encontra-se no estado sólido.
É um metal do grupo 13 (3 A ) da Classificação Periódica dos Elementos. É pouco abundante, maleável, facilmente fundível, quimicamente similar ao alumínio e gálio, porém mais parecido com o zinco. A principal fonte de obtenção do índio é a partir das minas de zinco. Usado na fabricação de telas de cristais líquidos e na formação de películas delgadas que servem como lubrificantes.
Foi descoberto por Ferdinand Reich e Theodor Richter em 1863 quando estavam buscando tálio em minas de zinco.
Características principais
O indio é um metal branco prateado brilhante . Quando o metal é dobrado emite um som característico.
Seu estado de oxidação mais característico é o +3, ainda que apresente o estado +2 em alguns compostos.

Aplicações
Foi empregado durante a Segunda Guerra Mundial como revestimento em motores de alto rendimento de aviões. Depois da guerra foi destinado a novas aplicações: em ligas metálicas, em soldas e na indústria eletrônica.
Nos anos 80 despertou o seu interesse no uso de fósforos de índio semicondutores e películas delgadas de óxidos de índio e estanho para e desenvolvimento de telas de cristais líquidos ( LCD ).
Outras aplicações:
 Na fabricação de ligas metalicas de baixo ponto de fusão. Uma liga de 24% de índio com 76% de gálio é líquida a temperatura ambiente.
 Para produzir fotocondutores, transístores de germânio e retificadores.
 Formação de espelhos, tão bom como os de prata, porém mais resistentes a corrosão.
 Seu óxido se emprega na fabricação de painéis eletroluminosos.

História
O índio ( nome procedente da linha de cor índico de seu espectro atômico ) foi descoberto por Ferdinand Reich e Theodor Richter em 1863 quando estavam buscando tálio em minas de zinco com o uso de um espectrógrafo. Foi isolado por Ritcher en 1867.

Abundância e obtenção
É produzido principalmente a partir dos resíduos gerados no processamento dos minérios de zinco. Também é encontrado em minas de ferro, chumbo e cobre. É obtido mediante a eletrólise de seus sais
A quantidade de índio consumida está muito relacionado com a produção mundial de telas de cristais líquidos ( LCD ). O aumento da eficiência de produção e reciclagem ( especialmente no Japão ) mantém o equilíbrio entre a demanda e o fornecimento.
Até 1924 só havia uma grama do elemento isolado no mundo. Se estima que a crosta terrestre tem aproximadamente 0,1 ppm de índio ( tão abundante quanto a prata ). O principal produtor de índio é o Canadá.

Precauções
Há certas evidências não confirmadas que sugerem que o índio apresente uma toxidade baixa. Na indústria de semicondutores e em soldas, onde as exposições são relativamente altas, não se tem notícias de efeitos colaterais.

Cadmio – Indio – Estaño

Ga
In
Tl

Imagen:In-TableImage.png
Tabela completa

Geral
Número, símbolo, número Indio, In, 49
Série química Metal del bloque p
Grupo, período, bloque 13, 5 , p
Densidad, dureza Mohs 7310 kg/m3, 1,2
Apariencia Lustroso plateado grisáceo
Imagen:In,49-thumb.jpg
Propiedades atómicas
Peso atómico 114,818 uma
Radio medio† 155 pm
Radio atómico calculado 156 pm
Radio covalente 144 pm
Radio de Van der Waals 193 pm
Configuración electrónica [Kr]4d10 5s2 5p1
Estados de oxidación (óxido) 3 (anfótero)
Estructura cristalina Tetragonal

Propiedades físicas
Estado de la materia Sólido
Punto de fusión 429,75 K
Punto de ebullición 2345 K
Entalpía de vaporización 231,5 kJ/mol
Entalpía de fusión 3,263 kJ/mol
Presión de vapor 1,42 x 10-17 Pa a 429 K
Velocidad del sonido 1215 m/s a 293,15 K
Informacões diversa
Electronegatividad 1,78 (Pauling)
Calor específico 233 J/(kg·K)
Conductividad eléctrica 11,6 x 106 m-1·Ω-1
Conductividad térmica 81,6 W/(m·K)
1° potencial de ionización 558,3 kJ/mol
2° potencial de ionización 1820,7 kJ/mol
3° potencial de ionización 2704 kJ/mol
4° potencial de ionización 5210 kJ/mol
Isótopos mais estáveis
iso.
AN
Vida media
MD
ED MeV
PD

113In
4,3%
In é estável com 64 neutros

115In
95,7%
4,41 x 1014 a
β-
0,495
115Sn

PROPRIEDADES

Propriedades do Elemento:
 Nome: Índio
 Número Atómico: 49
 Símbolo Químico: In

Propriedades Atómicas:
 Massa Atómica: 114.82
 Electronegatividade:
o Pauling: 1.78
o Allred: 1.49
o Absoluta: 3.1 eV
 Electroafinidade: 30 kJ mol-1
 Polarizabilidade: 9.7 Å3
 Carga Nuclear Efectiva:
o Slater: 5
o Clementi: 8.47
o Froese Fischer: 9.66
 Raios:
o In 3 +: 92 pm
o In 1 +: 132 pm
o Atómico: 162.6 pm
o Covalente: 150 pm

Propriedades Electrónicas
 Energias de Ionização Sucessivas:
o In -› In + : 558.3 kJ mol-1
o In+1 -› In+2 : 1820.6 kJ mol-1
o In+2 -› In+3 : 2704 kJ mol-1
o In+3 -› In+4 : 5200 kJ mol-1
o In+4 -› In+5 : (7400) kJ mol-1
o In+5 -› In+6 : (9500) kJ mol-1
o In+6 -› In+7 : (11700) kJ mol-1
o In+7 -› In+8 : (13900) kJ mol-1
o In+8 -› In+9 : (17200) kJ mol-1
o In+9 -› In+10 : (19700) kJ mol-1
 Iões Comuns : In 3 +, In 1 +

Propriedades da Substância Elementar:
 Substância Elementar Mais Comum : In
 Classe de Substâncias Elementares : Metal
 Origem : Natural
 Estado Físico : Sólido
 Densidade [298K] : 7310 kg m-3
 Preço : 19200$
 Rede Cristalina : tetragonal

Propriedades Termodinâmicas:
 Ponto de Fusão : 429 K
 Ponto de Ebulição : 2353 K
 Conductividade Eléctrica [298K] : 1.19×10+07 Ohm-1m-1
 Conductividade Térmica [300K] : 81.6 W m-1K-1
 Calor de:
o Fusão: 3.27 kJ mol-1
o Vaporização: 226.4 kJ mol-1
o Atomização: 243 kJ mol-1

BREVE RESUMO:

ÍNDIO

Células solares usadas em satélites

Nome do elemento: Índio
Símbolo Químico: In
Número Atômico: 49
Peso Atômico: 114,818
Grupo da Tabela: 13
Configuração Eletrônica: [Kr].4d10.5s2.5p1
Classificação: Metal de Transição
Estado Físico: Sólido (T=298K)
Origem do nome: Nomeado em função da linha cor de anil (índigo) em seu espectro atômico.
Introdução: O índio é um metal macio, dúctil , prateado e de brilho intenso; é mais macio que o ferro e pertence ao grupo 13 da tabela periódica.
O elemento foi descoberto em 1863, por Ferdinand Reich e Theodor Richter, por espectroscopia em minério de zinco e posteriormente isolado.
O índio é encontrado em quantidades traço em minérios de ferro, chumbo e cobre.
Até 1924, o suprimento mundial do índio puro era aproximadamente de uma grama (1g). A produção mundial, atualmente, é de 112,40 toneladas anuais.
Densidade do sólido: 7,31 g/cm3
Ponto de Fusão: 429,75 K
Ponto de Ebulição: 2345,0 K
Onde encontrar: O índio é encontrado em quantidades traço em minérios de ferro, chumbo e cobre. Até 1924, o suprimento mundial do índio puro era, aproximadamente, de uma grama (1g).
O Canadá é o maior produtor mundial de índio puro.
Utilização: – Na fabricação de espelhos mais resistentes à corrosão que os de prata;
– Em sistemas de solda;
– Em fotocondutores;
– Em transistores;
– Ligas metálicas de baixo ponto de fusão;

Sites utilizados para a pesquisa:

http://www.christus.com.br/infochristus/tabperiodica/elementos/indio/indio.htm
http://www.if.ufrj.br/teaching/info/e049.html
http://nautilus.fis.uc.pt/st2.5/scenes-p/elem/e04991.html
http://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%8Dndio_(elemento_qu%C3%ADmico)

Outros trabalhos relacionados

Métodos Enzimáticos

Autoria: Silvia Bandiera Borges Objetivo: Determinar o nível de glicose em amostras através do método enzimático. Introdução Teórica: Enzimas é um grupo de substâncias orgânicas de natureza protéica,...

Solubilidade de Compostos Orgânicos

Autoria: André Zanetti A solubilidade de uma substância é uma propriedade física muito importante, na qual se baseiam certos métodos de separação de misturas, de...

Ligações Químicas

Autoria: Jackson Pontes Vasquez Ao longo do século XIX, enquanto se formulava a teoria atômica, sucederam-se com maior ou menor grau de acerto suposições sobre...

Ligação Covalente

Autoria: Sidnei Bacchi A ligação covalente consiste no compartilhamento de pares eletrônicos entre dois átomos e pode ser representada por meio da estrutura de Lewis,...