17.8 C
Sorocaba
quinta-feira, julho 18, 2024

O Papel do Assistente Social Junto a Sociedade

Estudo de Caso

Os trabalhadores e trabalhadoras pobres, o nome já diz e não é por acaso, começam na labuta desde tenra idade, trabalham a vida toda, entre períodos em que são lançados nas amarguras do desemprego, do subemprego, até que chega a hora de, em tese, se aposentam. Muitos não chegam a conseguir o benefício do INSS.

O Sr. João trabalhador, honesto, depois de anos trabalhando duro de sol-a-sol tem seu momento esperado pra dar entrada na sua tão sonhada aposentadoria.

Após horas de espera pra ser atendido recebe de um funcionário, mal humorado a fatídica noticia de que seu patão não recolheu suas contribuições, o que o deixou desesperados.

Sem saber o que fazer, foi orientado por outro funcionário, a procurar a assistência social em busca de auxilio.

Sabemos que o assistente social, pelo reconhecimento de seu trabalho integrativo, é requisitado para atuar na área de RH para satisfazer ‘necessidades humanas’, contribuindo para a formação da sociabilidade do trabalhador.

Tendo encontrado o profissional, de Assistência Social o Sr. João é orientado reunir todas as informações sobre as condições de sua solicitação os valores pagos, os valores em aberto que serão anexados e contribuíram para a escolha mais adequada de procedimentos a serem tomados.

Seu João será amparado pela assistência social que ira doravante, orientá-lo e monitorar o andamento e o desempenho das atividades junto à Justiça e ao INSS para regularizar a situação da aposentadoria.

Mesmo quando atende a um indivíduo, o assistente social está trabalhando com um grupo social, pois entende que esta pessoa está inserida em um contexto no qual não se pode dissociar o individual do coletivo.

Esta “mãozinha” do assistente social é fundamental. Utilizando uma metáfora popular, podemos dizer que este profissional não é aquele que doa um peixe, mas o que ensina a pescar. É preciso diferenciar assistência de assistencialismo.

Outros trabalhos relacionados

Desigualdades Sociais

SUMÁRIO: 1. INTRODUÇÃO2. Desigualdade Social3. FORMAS DE DESIGUALDADE3.1 Status Social3.2 Classes Sociais3.3 Escolaridade4. CONLUSÃO5. REFERÊNCIAS1. INTRODUÇÃO Para realização deste trabalho foram necessários estudos fora da sala...

DEMOCRACIA – VOTO E ELEIÇÕES

Não basta haver direito de voto e eleições. Em sua obra, "Capitalismo, Socialismo e Democracia", o teórico Joseph Schumpeter esclareceu que as definições idealistas e...

Complexidade das Organizações e o Ambiente

IntroduçãoAs organizações estão passando por mudanças e transformações a cada dia que passa. Seja introduzindo novas e diferentes tecnologias, seja modificando seus produtos ou...

Resenha Crítica da Obra “O Que é Ambiguidade”

1-INTRODUÇÃO CARVALHO, Nelly de. O que é Ambigüidade nos convida a desmistificar o recurso lingüístico da ambigüidade, explorando com diversas ópticas seu emprego, suas decorrências...