21 C
Sorocaba
quinta-feira, junho 13, 2024

O Resto é Silêncio – Érico Veríssimo

O Resto é Silêncio – Érico Veríssimo

Desenvolve-se de maneira mais compacta. A ação do romance decorre no curto espaço de tempo entre a tarde de uma quinta – feira santa e a noite do Sábado de aleluia . O autor analisa um grupo de personagens, distintas uma das outras. Mas ligadas por um elo comum : o suicídio de uma moça que se atira do décimo antar de um edifício. Este elo comum evita a repetição e dá originalidade ao romance. Além disso, foi o artifício encontrado para estudar as reações de indivíduos diferentes uns dos outros, diante de um mesmo acontecimento. Assim, o autor analisa o frio Chicharro; o Sete, pequeno vendedor de jornais; Aristides Barreiro , homem de negócios; Bernardo Resende , vaidoso compositor; Tônio Santiago, romancista célebre; Marina , uma mulher angustiada, o Dr.Lustosa, desenbargador aposentado. Érico Veríssimo mostra uma ficção de técnica avançada, onde destacam-se o monólogo interior da personagem e o simultaneísmo narrativo, embora sua linguagem seja pouco estilizada. O registro da vida cotidiana em uma grande metrôpola é sempre feito pelo ponto de vista do personagem, o que garante um clima psicológico maior.

Outros trabalhos relacionados

Orgulho e Preconceito

Jane Austen (1775-1817), autora do livro Orgulho e Preconceito o livro, de 1813, conta a trajetória da inteligente jovem de 20 anos Elizabeth Bennet,...

Dona Sinhá e o Filho Padre – Gilberto Freire

Dona Sinhá e o Filho Padre - Gilberto Freire É surpreendente estréia de Gilberto Freyre na ficção. Estréia previsível. Gilberto seria ficcionista quando quisesse. O...

Dois Irmãos – Milton Hatoum

Dois Irmãos - Milton Hatoum No início do século XX, Manaus, a capital da borracha, recebeu estrangeiros como o jovem Halim, aprendiz de mascate, e...

ÚLTIMOS SONETOS – CRUZ E SOUZA

Últimos Sonetos - Cruz e Souza São poemas de Últimos Sonetos: Piedade, Caminho da Glória, Presa do Ódio, Alucinação, Vida Obscura, Conciliação, Glória, A...