17.8 C
Sorocaba
quinta-feira, julho 18, 2024

Pilhas: Geradores Qúimicos

Autoria: Micheli Ribeiro Ruiz

As pilhas elétricas foram idealizadas por Alessandro Volta em 1800. A chamada pilha de Volta consta de uma sobreposição de discos de cobre e zinco, soldados dois a dois e dispostos na mesma ordem, ficando cada par separado do imediato por uma rodela de pano ou de cartão embebida em água acidulada como ácido sulfúrico.

A denominação de pilha é devida a esta disposição dos discos empilhados uns sobre os outros; Volta notou entre as placas da base e as do alto, uma diferença de potencial que dava origem a fenômenos elétricos. Este foi o ponto de partida para a construção das pilhas elétricas.

A pilha é um gerador químico, isto é, transforma energia química em energia elétrica. Entre os vários tipos de pilhas destacam-se as pilhas secas e úmida.

Pilhas secas são pilhas cujo os eletrodos, zinco e carvão, estão mergulhados em uma massa de cloreto de zinco e sal amoníaco. Na pilha seca também existe MnO2 que atua como despolarizante. A ação química dessa massa sobre os eletrodos (zinco e carvão) é responsável pela liberação da energia elétrica que se obtém nos terminais da pilha. As pilhas secas também podem conter uma pasta eletrolítica de cloreto de alumínio. Os eletrodos são de zinco (negativo) e de carbono (positivo). O eletrodo de zinco é própria caixa da pilha.

Pilhas úmidas são assim chamadas porque os eletrodos, cobre e zinco, são colocados dentro de uma solução ácida, básica ou salina.

Há outros tipos de pilhas e baterias: de Daniel, de Bunsen, de dicromato de potássio, de Weston, Alcalina, de Mercúrio, de Chumbo, de Combustível, de níquel-cádmio, Atômica, etc.

Pilhas Alcalinas esse tipo de pilha possuem eletrodos de zinco e carbono e contém uma pasta eletrolítica de hidróxido de potássio.

Bateria de Carro mais modernas possuem elementos secundários que podem ser recarregados. O eletrólito é de ácido sulfúrico e os eletrodos de chumbo. Recarregar uma bateria ácida de chumbo é converter energia elétrica em energia química.

Bateria de Níquel e Cádmio também são recarregáveis, mas pesa muito menos que a de chumbo e ácido. Possui eletrodos de níquel e cádmio e utiliza hidróxido de potássio como eletrólito.

A Pilha Atômica foi montada pela primeira vez em 1942, por Fermi e seus colaboradores; a primeira pilha atômica francesa foi construída em 1948. Nela se desenvolveu lentamente uma reação em cadeia que se pode comandar.Uma pilha comporta a matéria no seio da qual se faz a reação em cadeia (urânio 235, plutônio), e a matéria que se quer irradiar pelos nêutrons produzidos (urânio, 238), reunidas a moderadores (grafito, água pesada) e a refletores de nêutrons. Comporta igualmente instalações de arrefecimento, de verificação e de proteção. Produz energia calorífica que pode eventualmente ser transformada em energia elétrica, e fornece plutônio, utilizável nas bombas atômicas, bem como inúmeros elementos artificiais.

As baterias e as pilhas podem ser considerados como verdadeiros tanques de armazenamento de energia. Uma bateria comum tem eletrodos positivo e negativo e uma pasta ou líquido, o eletrólito. Os eletrodos dissolvem-se no eletrólito, formando íons, o que cria um excesso de carga nos eletrodos. Quando a bateria é ligada a um circuito, essa carga produz uma corrente elétrica.

Outros trabalhos relacionados

Nomenclatura

Autoria: Fernanda Medeiros ÁCIDOS - Para ácidos não oxigenados, usamos a terminação IDRICO. Exemplo : HCl – ácido clorídrico H2S – ácido sulfídrico H2Se – ácido selenídrico Para ácidos oxigenados,...

Lei das Combinações Químicas

Autoria: Alanderson F. INTRODUÇÃO Este trabalho nos mostra as Leis das Combinações Químicas e como o estudo da química como ‘ciência’ começou com estas leis. Iremos ver...

Ácidos – Características e os Principais Ácidos

Características Quando em solução aquosa, os ácidos se ionizam, isto é, dão origem a íons, produzindo como cátion H+ . Em solução aquosa, os ácidos conduzem...

Carbonato de Sódio

Também conhecido como carbonato sódico, é um sal branco e translúcido usado na fabricação de vidros, sabão, tintas, papel, corantes e no tratamento da...