15 C
Sorocaba
quinta-feira, junho 20, 2024

União Européia (UE)

Em 09/05/1950 o ministro das Relações Exteriores da França Robert Schumam fez a seguinte declaração “se não nos juntarmos, vamos nos matar” então em 1951 foi criado em Paris a CECA- Comissão Européia de Carvão e Aço, uma organização supranacional, aderiram ao tratado – França, Itália, Bélgica, Holanda e Luxemburgo.

Em 25/02/1957 dois tratados em Roma, o primeiro criou a comunidade européia que é a atual EU e o segundo criou a CEEA – sobre energia atômica os membros são os mesmos Estados do anterior.

  • Em 1972 entrou Reino Unido, Irlanda e Dinamarca.
  • Em 1982 Grécia, em 86 Portugal e Espanha.
  • Em 1995 Áustria, Suécia e Finlândia.
  • Em 1986 foi assinado o ATO ÚNICO EUROPEU que entrou em vigor em 1987, neste ocorreu à adequação dos três anteriores, assim integrando as comissões européias (CACA, CEE, CEEA).
  • Em 07/02/92 foi assinado e entrou em vigor em 01/11/93 o tratado de Maastricht QUE ESTABELECEU NOVOS OBJETIVOS para Europa como a união política, monetária, assim a organização passaria para a 4º etapa.
  • No ano de 1997 o tratado de Amsterdã estabeleceu limite de 700 deputados para o parlamento, alterando assim o tratado de Roma também alterou a numeração dos artigos.
  • Em 26/02/2001 os Estados assinaram o tratado de NICE que entrou em vigor em 01/02/2003, trata da ampliação da União Européia.

PRINCIPAIS ORGÃOS A UNIÃO EUROPÉIA

  • Conselho da União Européia – estabelecida em Bruxelas, exceto em abril e outubro nesses as sessões são em Luxemburgo.
  • Comissão da União Européia – sede em Bruxelas não tem quorum fixo, art. 157 do Maastricht.
  • Parlamento Europeu – se reúne em Estraburgo.

O parlamento não legisla, são os eurodeputados, eleitos pelo povo europeu.

Os três órgãos legislam, a comissão é a guardiã da União Européia, tem a iniciativa legiferante, depois vai para o conselho, mas só vingará se o parlamento autorizar.

  • Tribunal de Justiça da União Européia – não serve para particulares, só de Estado para Estado.

As regras da EU são aplicadas dentro do Estado membro, por seus juizes nacionais.

EURO – na década de 60 os europeus já estavam estudando sobre esta hipótese, em 1971 foi aprovado o plano Werner.

  • Em 1973 foi criado o FECOM – (Fundo Europeu de Cooperação Econômica).
  • Em 1979 nasceu a ECU (European Currenay Unit) antes do euro, a partir de 1980 foi usada em documentos.
  • Em 1988 o conselho europeu se encarregou de criar um grupo de juntar um grupo de especialistas para estudar assuntos econômicos, foi criado o relatório DELORS, determinou que o EURO circularia se os Estados respeitassem algumas medidas, como por exemplo o PIB de 3% em dívida.

Período de transição – os europeus precisavam ter noção do valor do euro. Por isso, 2 anos antes do euro existir em papel, já era mostrado o valor que seria.

Em 01/01/2002 os bancos e os caixas só davam troco em euro.

Outros trabalhos relacionados

COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL

COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL Como muito bem definiu Peter Drucker, sociedade pos-Capitalista, estamos vivendo a Era do conhecimento e da Economia da Informação. Hoje o profissional agrega...

HEDGE DE ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA

HEDGE DE ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 2. CONCEITO 3. HISTÓRICO 4. NATUREZA JURÍDICA 5. A OPERAÇÃO 6. DO PAGAMENTO 7. O HEDGING E O MERCADO DE DERIVATIVOS 7.1.O Mercado de Derivativos 7.2. Mecanismos...

AUDITORIA EM SAÚDE – 2/2

Se a unidade prestadora recusar a internação, a central deve comunicar imediatamente o fato ao gestor (Secretaria Municipal da Saúde) da sede do prestador. As...

Relatório de Estágio em Gestão de Negócios

SUMÁRIOINTRODUÇÃOPARTE I1. INFORMAÇÕES GERAIS DA EMPRESA1.1 Identificação da empresa1.2 Níveis de Autoridade e Organograma1.3 Cultura Organizacional1.4 Clima Organizacional1.5 Descrição da Comunicação1.6 Fluxo das informações1.7...